Varzinos elogiam Ouvidoria, após pedidos atendidos

Ouvidoria - Destaques

Serviços prestados por setor que recebe demandas da população e as encaminha são reconhecidos por munícipes

 

O trabalho realizado pela Ouvidoria Municipal de Várzea Paulista tem rendido frutos e elogios, por parte de quem teve a solicitação atendida, recentemente. Os munícipes reconhecem o trabalho para atender às demandas variadas apresentadas ao setor.

 

 

Rua novamente iluminada

 

João Luiz Beltrame vive na Rua Tucuna, Vila Tupi, desde 1995. No final de 2018, percebeu a necessidade de ter um problema de iluminação, bem em frente à sua casa, corrigido. “Fazia dois meses que percebíamos que a luminária em frente à nossa casa ficava acesa e a se apagava em seguida. Chegávamos à noite, da igreja, por exemplo, e percebíamos que estava apagada. Eu tinha receio em relação à nossa segurança”, explica.

 

Em dezembro, a esposa de João, Fernanda Pacheco Beltrame, resolveu acionar a Ouvidoria da Prefeitura. No final de janeiro, a Prefeitura, através da Unidade de Infraestrutura Urbana realizou a troca do equipamento. João percebeu que o problema havia sido solucionado ao chegar à sua casa, à noite. “Percebi a luz forte. Estou satisfeito com o trabalho, pois a iluminação é de boa qualidade”, elogia.

 

 

O munícipe destaca a vantagem de informar o problema à Ouvidoria. “É bom fazer esse registro, pois o pedido fica arquivado, documentado”.

 

 

Segurança para a família

 

Marinês Maforte Moreno, moradora da Rua Tocantins, no Jardim Mirante, há 22 anos, é outra com motivos para elogiar a atuação da Ouvidoria. Recentemente, percebeu a necessidade de tomar certos cuidados com uma grande árvore, presente na chácara que fica atrás de sua residência.

 

“Há uma palmeira ali, que é muito grande e se curva muito, principalmente quando há temporais. No mais recente, há pouco tempo, consegui filmar a inclinação da árvore. Eu tinha a impressão de que poderia cair e fica bem na direção de meu quarto. Tenho receio de que possa causar um sério prejuízo à estrutura da minha casa, o que poderia fazê-la ceder, inclusive”. Outro problema é o grande número de folhas que caem da planta. “Isso pode entupir a rede de água pluvial, composta também pela parte presente na minha residência. Não damos conta de retirar todas as folhas, pois são muitas”, explica.

 

Após o contato feito com a Ouvidoria, a munícipe recebeu um servidor da Unidade de Meio Ambiente da Prefeitura em poucos dias, para uma vistoria.

 

Meu marido contatou a Ouvidoria há alguns dias e, uma semana depois, na sexta-feira (15), um servidor da Unidade Gestora de Meio Ambiente veio aqui em casa e avaliou a necessidade do corte dessa árvore. Vou retornar à sede da pasta nesta semana, a pedido dele, para verificar quais serão os trâmites necessários para a poda ou corte, de acordo com a avaliação feita pelo setor.

 

 

Marinês conheceu esse canal de atendimento há aproximadamente seis meses, quando se dirigiu ao local por conta de outra árvore presente na chácara. “Já fui muito bem atendida pela Ouvidoria, quando o procurei, em razão de outra árvore que estava oferecendo risco à minha casa. Esse mesmo funcionário da Unidade de Meio Ambiente esteve presente aqui e, pouco depois, deu-nos a autorização para contratarmos a poda”.

 

A moradora faz questão de elogiar os serviços recebidos. “Os dois órgãos procuram nos atender da melhor forma possível, para todos”, valoriza.

 

 

Como procurar a Ouvidoria

 

Reclamações e sugestões referentes aos serviços públicos podem ser registradas à Ouvidoria por telefone, e-mail ou pessoalmente. Confira os detalhes aqui. A ouvidoria é o setor responsável por encaminhar as demandas registradas para as unidades gestoras realizarem os serviços.