Prefeito inicia trabalhos para realização da 2ª Fase do Viaduto da Ponte Seca

Obras - Destaques

Trâmites para as licenças ambientais foram discutidos com a equipe do Departamento de Águas e Energia Elétrica (DAEE)

 

Na última quarta-feira (25), o prefeito Juvenal Rossi, acompanhado dos gestores Josué Vieira Santana, de Obras e Felipe Villela, de Convênios se reuniram com os diretores técnicos do Departamento de Águas e Energia Elétrica (DAEE) do Estado, Salvador Castilho e Seico Ono, para discutir os trâmites para a liberação da licença ambiental que viabilizará a construção da ponte de transposição sobre o rio Jundiaí, que faz parte da 2ª Fase das obras do Complexo Viário da Ponte Seca. 

 

 

Segundo o prefeito Juvenal Rossi, a nova ponte vai permitir aos motoristas que usam o novo viaduto Hermínia Fragas Cantareira (inaugurado dia 17 de julho) a acessar a marginal sentido a cidade de Jundiaí, melhorando ainda mais o trânsito local. “Vim pleitear a licença ambiental que nos permitirá consolidar a totalidade do projeto do complexo viário. Fico feliz que a reunião tenha sido tão produtiva”, afirma.

 

 

A unidade gestora de Obras fará uma prospecção de longo prazo em relação à área, assim como, a localização georeferenciada, estudos sobre a vazão das águas do Rio Jundiaí na época de seca e cheia.  “Estamos atendendo as exigências de licenciamento, para que tudo seja liberado o quanto antes”, informa Josué. O gestor informa que o projeto básico, o levantamento topográfico e a sondagem da área já estão prontos. “O retorno do viaduto do bairro Ponte Seca é uma obra solicitada pela Defesa Civil do Estado. Por isso, estamos cumprindo os trâmites para a liberação das licenças, para em seguida, buscar verbas junto aos governos estadual e federal”, declara.

 

 

Felipe Villela acredita que as licenças sejam liberadas em aproximadamente três meses. “Com as outorgas e aprovações em mãos, poderemos dar início à licitação”, conclui.