Córrego Bertioga continua a receber trabalhos de estabilização de encostas

Obras - Destaques

Ações de concretagem do fundo, sob o leito; preparação da manta de gabiões; e terraplenagem fazem parte das obras de macrodrenagem e contenção de enchentes

 

 

A frente de trabalho do Córrego Bertioga continua a agir, nesta semana, na grande obra de contenção de enchentes gerenciada pela Prefeitura de Várzea Paulista. A etapa atual compreende a estabilização das encostas de cerca de 470 metros lineares do ribeiro, no sentido bairro-Centro, até a Rua Atroaris. Para cumprir esse estágio, a parte da lateral direita (sentido bairro-Centro) que ainda não recebeu concreto já está toda preparada para isso, com a manta de gabiões (pedras protegidas por uma gaiola metálica) concluída nos últimos dias; a lateral esquerda recebe, até o final desta semana, toda a terraplenagem necessária para a instalação dessa estrutura, onde ainda não há; e cerca de 150 metros lineares do fundo do córrego já receberam concreto. Segundo o gestor de Desenvolvimento Econômico, Marco Bueno, que acompanha os trabalhos, o objetivo é terminar a fase atual em cerca de duas semanas.

 

Outra intervenção que tem continuidade, nesta semana, é a escavação do terreno onde será construído um reservatório, próximo ao antigo Sítio dos Padres. A ação tem como objetivo a retirada do solo mole ali existente. “Trata-se de um volume muito grande de terra a ser tirada, para podermos viabilizar a construção desse espaço. Com 4 metros de profundidade, a construção vai represar boa parte das águas de chuvas contínuas – vindas de bairros como Jardim Bahia e Jardim Itália -, enquanto elas não cessarem. Assim, cerca de 30% do volume que impacta o córrego hoje, quando chove, ficarão nessa espécie de grande piscina que será construída”, explica Bueno.

 

Com as ações das últimas semanas, ao longo de toda a fase atual das obras, já se estabilizaram 446 metros lineares de encostas, somando-se os dos lados (160, entre a Atroaris e o Jardim Bahia, e 286, entre a via e a Avenida Fernão Dias Paes Leme).

 

Assim que a etapa atual das estabilizações for finalizada, terá início o mesmo trabalho na parte faltante entre a Rua Atroaris e a Avenida Fernão Dias Paes Leme.