Obras do Viaduto da Ponte Seca devem começar no próximo mês

Obras - Destaques
ENPAVI será a responsável pela edificação que ajudará a desafogar o trânsito de Várzea Paulista
 
O prefeito de Várzea Paulista, Juvenal Rossi assinou, na última quinta-feira (24), a homologação da adjudicação da construção do Viaduto da Ponte Seca. Com a formalização, a empresa vencedora, ENPAVI – Construções, Engenharia e Pavimentação, fica legalmente responsável por dar início aos trabalhos, até o início de dezembro.
 
O processo licitatório deve ser finalizado na semana que vem, com a assinatura do contrato, por parte do prefeito e de um representante da construtora. A empresa terá então o prazo aproximado de 30 dias para se organizar ao início da construção. “Eles querem começar o quanto antes”, afirmou o prefeito.  
 
Segundo o gestor, a homologação é mais um passo relevante, segundo o prefeito, uma vez que, em breve, permitirá a viabilização de mais um incremento da mobilidade urbana na cidade. “É uma etapa importantíssima”.
 
Com a melhoria, o município terá uma mais uma opção para desafogar o trânsito da cidade, uma vez que o Viaduto dos Emancipadores, muitas vezes, fica sobrecarregado em determinados horários. A nova via também possibilitará atrair novos investimentos para o município, de acordo com Rossi. “É uma obra necessária” – explicou.
 
 
Viaduto da Ponte Seca 
 
O projeto prevê a construção de uma passagem superior à linha férrea, para fazer a ligação entre o Bairro Ponte Seca e a Av. Duque de Caxias, próximo ao Jardim Promeca. A ligação será uma alternativa para acessar bairros das Zonas Norte e Leste do município.
O custo total da obra será de R$ 3.484.034,96 – recursos do Governo Estadual – dos quais R$ 984.034,96 serão custeados pela Prefeitura de Várzea Paulista.
 
 
Melhorias ao trânsito
 
De acordo com Rossi, trata-se de mais uma das metas da administração varzina, dentro do programa Via Rápida, para otimizar o tráfego veicular em Várzea Paulista.
A Estrada da Boiada foi outra conquista, requisitada pela Prefeitura de Várzea Paulista e inaugurada pela Prefeitura de Jundiaí, em março. O novo acesso liga a região do Santa Gertrudes, em Jundiaí, à região da Vila Popular, em Várzea Paulista, e melhorou a mobilidade na região.