5ª Conferência das Cidades debate Desenvolvimento Urbano

Obras - Destaques
Encontro discutiu meios para o crescimento sustentável e ordenado do município
 
No último sábado (27), foi realizada a etapa municipal da 5ª Conferência das Cidades, no Espaço Cidadania, em Várzea Paulista. Este ano, o tema do evento foi “Quem muda a cidade somos nós: Reforma Urbana Já!”, que teve como objetivo avançar na construção da Política Nacional e Estadual de desenvolvimento urbano.
O prefeito Juvenal Rossi fez a abertura do encontro e ressaltou sua luta pelo desenvolvimento ordenado no município. “Sempre defendi o Plano Diretor, para que Várzea conquiste um crescimento sustentável”, relata. “A cidade paga caro, por em 2013 ainda discutirmos infraestrutura, esgoto, asfalto. Quando vamos resolver estas questões e debater cultura e meio ambiente”, questiona o prefeito. Juvenal elogiou o debate aberto. “Juntos achamos respostas para o que parece impossível. Cada um pode dar sua contribuição para o desenvolvimento da cidade”, concluiu. 
 
O crescimento sustentável e ordenado do município foi o principal foco da discussão, explicou o secretário de Obras, Urbanismo e Meio Ambiente, Flávio Paschoal. “Precisamos diminuir o ritmo de crescimento da cidade, para que ela possa se desenvolver de forma mais ordenada. E assim, podermos fomentar a criação de áreas industriais, gerando mais empregos e renda para Várzea Paulista”, disse. 
 
Para o presidente da Câmara Municipal, Ivan Sada, o município está conquistando o desenvolvimento gradativamente. “O padrão de vida da população está melhorando. Temos que continuar discutindo, avançando, pensando no futuro que queremos para Várzea Paulista”, comentou. 
 
Também participaram da conferência os secretários de Desenvolvimento Econômico, Ernaldo Artur, de Infraestrutura Urbana, Renato Germano, de Governo e Comunicação, David Alexandre, o chefe de gabinete Marco Antonio e os vereadores Luciano Marques, Claudemir Gonçalvez, Valdilene Silva e Sueli Ortiz.
 
Reforma Urbana
 
A 5ª Conferência das Cidades contou com a presença do presidente da Associação dos Engenheiros, Arquitetos e Tecnólogos de Várzea Paulista, Josué Vieira Santana. O especialista ressaltou a importância do encontro e destacou melhorias importantes que foram conquistadas nos debates dos anos anteriores. “Questões como acessibilidade, implantação do estudo ambiental na rede de ensino e crescimento sustentável surgiram a partir dos debates organizados pelas conferências”, relata. “Questões que hoje são enfrentadas por Várzea Paulista, também podem ser o problema de outros municípios. Quando todos levantam o tema, o país todo começa a debater o assunto”, explicou. 

A mudança de prioridades também deve ser analisada, quando se pensa no desenvolvimento de uma cidade. “Há 30 anos, Várzea Paulista tinha muitas áreasresidenciais. O município precisava crescer, e por isso, muitos loteamentos foram realizados. Atualmente, é a cidade com maior densidade demográfica do aglomerado urbano”, informa. “Hoje precisamos discutir meios de organizar esse crescimento e oferecer qualidade de vida e infraestrutura para essa população. E é a partir da Conferência que iniciamos este trabalho”, concluiu. 
 
 
Durante a conferência foram indicadas prioridades de atuação ao Ministério das Cidades e aos órgãos competentes do Estado e Município. Além do encaminhamento de documentos sistematizados e consolidados para a Comissão Preparatória da etapa estadual e à Coordenação Executiva da Conferência Nacional.
 
A Conferência em Várzea Paulista elegeu delegados e suplentes, que participarão da 5ª Conferência Estadual, nos dias 26, 27 e 28 de setembro de 2013.