Obras do córrego Bertioga beneficiam mais de 30 mil pessoas

Obras - Destaques

A Prefeitura de Várzea Paulista retomou na semana passada as obras do Córrego Bertioga.  O projeto, executado com R$ 10,2 milhões do Governo Federal, tem como objetivo realizar a canalização aberta do córrego e urbanizar suas margens. Os recursos são originários do PAC 2 – Programa de Aceleração do Crescimento.  A entrega está prevista para maio de 2014.

Segundo o secretário de Infraestrutura Urbana, Renato Germano, o desassoreamento do Córrego – que está sendo realizado desde o primeiro mês da nova gestão – foi uma ação necessária para possibilitar a retomada das obras. “Na ocasião, tiramos mais de 100 caminhões de terra, dejetos e entulhos do fundo e das margens. Uma ação fundamental não apenas para dar continuidade às obras, mas também para aumentar o potencial de vazão e prevenir enchentes nesse período de chuvas”, explica.

O secretário de obras, urbanismo e meio ambiente, Flávio Pascoal, afirma que se trata de uma das regiões mais populosas da cidade e que a iniciativa deve beneficiar mais de 30 mil pessoas.

“A estrutura de escoamento terá o formato de um trapézio com profundidade e largura suficientes para dar vazão a toda à água em qualquer período do ano sem riscos de transbordamento”, explica Flávio Pascoal.

Além disso, será construído um “piscinão”, na segunda parte das obras, com capacidade de cerca de 40 milhões de litros de água, no final da avenida Bertioga. O projeto prevê capacidade para dar vazão até 50 anos de chuvas sem problema de enchentes no trecho. A Sabesp ficará responsável por realizar ações de despoluição do córrego.