Ecoponto

Descrição

Reformas e construções são geralmente muitos trabalhosas e depois que acabam sempre deixam para traz o famoso entulho. Mais o que fazer com esse resto de material que não vai mais ser utilizado ou que não é viável de aproveitar? Aqui em Várzea Paulista os cidadãos que precisam realizar a destinação destes materiais podem contar com o Ecoponto da cidade que recebe diversos tipos de resíduos e é totalmente gratuito.

O Ecoponto foi pensado para destinar de maneira ambientalmente correta pequenos volumes de sobras de materiais de construção, entulho, móveis, eletrodoméstico, eletrônico e recicláveis em geral, evitando assim que esses sejam jogados de forma irregular em vias públicas, encostas e terrenos pela cidade. Todo o material a ser entregue no Ecoponto deve estar devidamente separado (triado) de acordo com sua classificação, facilitando assim a sua destinação final.


Quais tipos de resíduos é permitido levar?

O Ecoponto recebe uma infinidade de materiais que podem ser levados ao local pelos moradores da cidade. Confira o que pode ser entregue: pisos, areia, blocos cerâmicos, blocos de concreto, concreto, reboco, telhas de cerâmica, gesso, vidro, metais, pneus, louças, móveis, madeira, papal, papelão, plásticos, óleo de cozinha, eletrônicos, eletrodomésticos e eletroeletrônicos. Os televisores e monitores com tubo de imagem só serão aceitos se estiverem inteiros, apenas partes não são recebidas.

Cada morador pode levar até 1 metro cúbico de entulho por mês. Essa é uma quantidade significativa de material por pessoa, considerando que uma caçamba comum tem espaço para 5 metros cúbicos.

É importante ressaltar que nem tudo pode ser levado ao Ecoponto, materiais como pilhas (baterias), colas, óleos industriais, tintas, resinas, amianto, lâmpadas, lixo doméstico, lixo hospitalar, lixo industrial e animais mortos não são aceitos, entre outros. Para informações de onde esses materiais podem ser entregues o telefone é 4606-8673.

Tudo o que é recebido pelo Ecoponto tem destinação ecologicamente correta. Os recicláveis como plásticos, papel, papelão, metal, vidro, eletrodomésticos e eletroeletrônicos são retirados pela ONG Eco & Vida, e retornam para a cadeia produtiva para produção de novos materiais. Madeiras em geral são retiradas por empresas especializadas que as trituram para alimentação de fornos de secagem de cerâmicas em geral. Os entulhos de construção passam por classificação de tamanho e são disponibilizados para uso em obras de utilidade pública, como manutenção de estradas de terra, sub base de calçamentos entre outros.

Ecoponto também recebe gesso

Empresas, prestadores de serviço e munícipes em geral também contam com um espaço para o descarte de gesso no Ecoponto de Várzea Paulista. O material deve ser levado limpo (sem estarem contaminados com outros tipos de materiais). “A partir da implantação desse serviço, reduziu-se sensivelmente os descartes nos córregos, viários, terrenos vazios e demais áreas em perímetros urbanos”, explica o coordenador de Licenciamento Ambiental da Prefeitura.

É importante que o gesso acartonado (placas) seja levado separado de outras peças ou do material em pó. Não há limites para o recebimento do gesso.

A iniciativa, posta em prática desde o final de 2017, é resultante de uma parceria com uma empresa cimenteira, que reprocessa os resíduos de gesso, para utilização na produção do cimento. “Não está havendo custo ao município”.

Crime ambiental

Descartar qualquer tipo de material em locais inapropriados como calçadas, vielas, rios, córregos e terrenos é crime ambiental previsto na lei nª 1931, de 28 de março de 2008 e é passivo de multa de até R$ 11 mil. Quem é flagrado cometendo a infração é autuado e responde civil e criminalmente pelo ato. Para denunciar esse tipo de infração basta entrar em contato com a Guarda Municipal Ambiental, pelo telefone 0800-770-0811, 24 horas.

Funcionamento

O Ecoponto fica na Rua Atroaris, 348 – Jardim Continente junto à Usina de Asfalto da cidade e funciona de segunda a sexta-feira das 7 às 12 horas e das 13 às 16 horas, e aos sábados, das 8 às 13 horas. No domingo não há expediente.