Como se prevenir?

O Dr. Fernando Max, médico infectologista esclarece que a contaminação pode ocorrer por meio das secreções respiratórias expelidas por um indivíduo já infectado, no momento em que tosse ou espirra. Ao falar ou mesmo respirar, quem está contaminado solta partículas virais invisíveis que, em contato com boca, olhos ou nariz de outra pessoa, consegue acessar seu organismo e infectá-lo. Por isso, o distanciamento social é tão importante na prevenção.

   Outra forma de contaminação é o contato com objetos que foram recentemente contaminados por essas secreções ou partículas. Ao levar a mão que teve contato com esses locais à boca, nariz ou olhos, a pessoa também fica contaminada. Veja por quanto tempo o vírus sobrevive em cada uma de várias superfícies: http://tiny.cc/06byoz.

   A população pode se prevenir da contaminação,  com o hábito de lavar frequentemente as mãos ou fazer sua higienização com álcool gel. “Outra maneira que a gente preconiza é a chamada etiqueta respiratória, que é o hábito de cobrir o rosto com o braço ao tossir ou espirrar, que evita que as gotículas contaminadas se dispersem pelo ambiente”, conclui o médico. Veja mais informações importantes sobre o álcool gel em: http://tiny.cc/s59xoz.

   Ambientes, utensílios e objetos também podem ser limpos por água sanitária ou desinfetantes de uso geral. Confira mais informações sobre isso em: http://tiny.cc/wwayoz.