Oficina de cinema Imagens em Movimento, em andamento na escola João Baptista Nalini, é demonstrada a autoridades municipais

Cultura e Turismo - Destaques Educação - Destaques

Atividades, bastante dinâmicas e interativas, foram conferidas de perto pelo prefeito professor Rodolfo e outras autoridades; há inscrições abertas para a mesma oficina na Praça CEU

O 5º ano do Cemeb (Centro Municipal de Educação Básica) Prof. João Baptista Nalini, do Jardim Buriti, está recebendo as oficinas de cinema do programa Imagens em Movimento, que trabalham, de forma muito didática, prática e interativa, conhecimentos e habilidades para a produção de um curta-metragem. Na manhã desta segunda-feira (9), as duas turmas nas quais os 24 alunos do 5º ano se dividem nas oficinas, que são fruto de uma parceria da Prefeitura de Várzea Paulista com o programa e produtores regionais e têm o patrocínio de uma empresa da cidade, receberam a visita do prefeito professor Rodolfo Braga e outras autoridades, que conferiram de perto as atividades.

O prefeito se mostrou satisfeito durante as visitas e destacou o ganho gerado aos alunos. “É um projeto inovador em Várzea Paulista, que traz as crianças para o cinema e vai dar a oportunidade de fazerem um filme”, elogiou.

O professor de cinema Daniel de Almeida, um dos integrantes do programa, tem conduzido, desde o mês passado, oficinas com os alunos da escola sobre os motivos do cinema, que são as razões para as escolhas, por exemplo de itens do cenário — como o espelho —, objetos que cumprem função de personagem na cena. “Já estamos usando alguns equipamentos. Os alunos vão passar, basicamente, por todas as áreas do cinema em si. É claro que, na idade deles, trabalhamos bastante de forma lúdica e não tão técnica quanto fazemos com adolescentes e adultos”, explica o docente.

Segundo Almeida, nas próximas semanas, os alunos, baseados nos motivos que escolheram, vão criar o roteiro, produzir e gravar um curta-metragem, em uma experiência de exercitar técnicas de criação do próprio filme, mesmo com um celular, no exercício prático dessa arte. “É esse contato de crianças de 10 e 11 anos, essa turma aqui, com o cinema, para desmembrar o cinema, ver o que está por trás dele”. As oficinas vão até o final do atual semestre letivo.

A diretora da escola, Quivânia Barros, enaltece a relevância das atividades e de ações culturais no desenvolvimento dos alunos. “Essa oficina é importante para as crianças porque algumas teriam dificuldade de conhecer o universo do cinema sem o apoio da escola. É uma forma de transformar por meio da cultura. Cultura e educação têm tudo a ver”, afirma.

Em Várzea Paulista, o programa tem o patrocínio da empresa Elekeiroz.

Também participaram da visita o vice-prefeito Fernando Pasqualino, a gestora executiva municipal de Cultura, Renata Câmara, a gestora municipal de Educação, Magali Souza, o produtor local do programa Thiago Moreira, responsável pelo programa na nossa região, e a diretora pedagógica municipal, Glauce Parazzi.

Inscrições até esta semana

Além das turmas nas escolas estaduais de Várzea Paulista e da escola municipal do Jardim Buriti, que vêm recebendo a oficina, até esta semana podem ser feitas inscrições para uma das duas turmas em andamento na Praça CEU, voltadas a jovens de 12 a 18 anos de idade. Os encontros são feitos todas as terças e quintas-feiras, das 9 às 11 horas, e vão até julho. A inscrição deve ser feita presencialmente, nos dias e horários das oficinas. É necessário levar uma autorização, por escrito, assinada pelo pai ou responsável legal. O endereço é Rua José da Silva Leme, 62 — Jardim do Lar.

Mais informações sobre as inscrições podem ser obtidas, por telefone, com o produtor Thiago Moreira: (11) 99660-3347.

Confira outros detalhes sobre o programa no Instagram @imagens.em.movimento e no site imagensemmovimento.com.br/.