Prefeitura e IBGE iniciam oficialmente processo do Censo 2020

Casa Civil - Destaques

Órgão conta com parceria de lideranças municipais, para que o retrato da realidade demográfica da cidade seja o mais fiel possível

 

 

A Prefeitura de Várzea Paulista e o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) realizaram a primeira reunião de planejamento e acompanhamento do Censo 2020, na tarde dessa quarta-feira, no auditório da Praça CEU. O coordenador regional do órgão, Carlos Henrique Santa, apresentou em linhas gerais como será feito o recenseamento dos munícipes varzinos, no ano que vem, para levantar o número de moradores e outras características da população. “Nosso objetivo é trazer as lideranças locais, para mostrar a importância do Censo e da parceria que precisaremos ter com esses agentes, a fim de que o trabalho tenha sucesso”, explicou.

 

 

Durante o encontro, que contou com a participação de diversas autoridades municipais dos poderes executivo e legislativo da cidade, ficou claro que será importante haver troca de informações e de apoio entre o IBGE e as pessoas-chave do município. Assim, o processo do censo poderá ser o mais transparente possível e será possível alcançar, de fato, cada um dos domicílios varzinos, o que garantirá o retrato mais fiel possível da realidade varzina. “Esses dados serão importantes para o planejamento de políticas públicas nos próximos anos”, declarou Santa.

 

 

O gestor também explicou que há dados preliminares da cidade preliminares, preparatórios para o Censo 2020, levantados pelo IBGE há mais de três anos. Santa destacou que, este ano, a instituição trabalha de forma intensa no sentido de preparar os subsídios para a coleta de informações que será feita entre agosto e outubro do próximo ano.

 

 

Mais três reuniões estão previstas, além de eventuais encontros extraordinários: a primeira em meados de março, um pouco antes do processo seletivo de recenseadores, que deverá ter ampla divulgação, a fim de que o máximo de pessoas possa participar, em especial munícipes de vários pontos da cidade; a segunda, durante o período da coleta de dados nos domicílios, entre agosto e outubro; e a terceira, logo após o levantamento das informações nas casas, para a divulgação de resultados preliminares às pessoas-chave do município e a verificação de eventuais ajustes a serem realizados.

 

 

Até o final do próximo ano, a ideia é que já haja os primeiros resultados finais do Censo 2020.