Várzea Paulista celebra mais um Dia da Padroeira, a partir desta sexta (15)

Esporte e Lazer - Destaques

Paróquia Nossa Senhora da Piedade comemorará a data – 15 de setembro – ,com duas grandes cerimônias

 

No feriado de sexta-feira (15), Várzea Paulista vive mais um Dia da Padroeira, a Nossa Senhora da Piedade, na comunidade paroquial dedicada à santa, no Jardim Paraíso. Segundo o pároco, padre Antonio Carlos, a ocasião será celebrada no local com duas missas, nos dias 15 e 17. “Teremos essas duas celebrações para rezar por toda a cidade”, declara.

 

No dia 15, às 19h30, haverá a primeira eucaristia programada, com vários padres e todas as paróquias da cidade convidadas. No domingo (17), será feita a grande festa em comemoração à padroeira, que terá início com uma missa às 17 horas, após a qual será feita uma procissão, a partir da própria matriz. Para o encerramento da celebração, será dada uma bênção especial e haverá queima de fogos.

 

As missas serão realizadas, excepcionalmente, no salão paroquial, em razão das reformas históricas em andamento, as primeiras de grande porte no local em aproximadamente 30 anos. A igreja principal foi demolida, com exceção da fachada, e já foi erguido um novo prédio praticamente inteiro, que está recebendo os revestimentos e o telhado. “Com as novas acomodações, daremos um maior conforto aos fiéis, acabaremos com o problema dos vazamentos e atenderemos ao pedido de retirar as paredes centrais, que atrapalhava a visão da assembleia, segundo nossos paroquianos. Até julho de 2018, as obras deverão ser concluídas e aí poderemos ter a realização de mais festas para a nossa comunidade”, explica o padre.

 

O endereço é Praça Nossa Senhora da Piedade, s/n – Jardim Paraíso – Várzea Paulista.

 

 

Padroeira tradicional

 

No ano que vem, a Paróquia completa 50 anos e já está sendo preparada uma grande festa em comemoração ao jubileu. De acordo com sua página oficial no Facebook, mesmo antes de se tornar uma paróquia, a comunidade já tem muita história, bastante relevante para o município, desde o final do século XIX. 

 

José de Souza Constantino, da tradicional família varzina, começou essa trajetória com a fixação do cruzeiro, como marco inicial da Capela de Nossa Senhora da Piedade. Pioneiro, o fiel era católico fervoroso e, em razão de sua grande devoção, doou o sino e o terreno para a construção da igreja principal, em que se entronizou a imagem de Nossa Senhora da Piedade, vinda de Portugal e inspirada por outro fundador de Várzea Paulista, Isaac de Souza Galvão.

 

Em 1900, a família Constantino ergue então a Capela Nossa Senhora da Piedade, que ficou conhecida como ponto referencial do povoado.

 

 

 

Atendimento das repartições públicas

 

Durante o feriado, alguns órgãos públicos essenciais estarão de plantão