Prefeito Juvenal busca parceria para despoluição do Rio Jundiaí e criação de represa na cidade

Casa Civil - Destaques

Poder Público, Sabesp e Cetesb discutiram os temas durante reunião realizada nesta quinta (8)

Nesta quinta-feira (8), o prefeito Juvenal Rossi e representes da Sabesp participaram de uma reunião na Cetesb em Jundiaí, para debater meios para despoluir o Rio Jundiaí, através da construção de uma rede coletora para tratamento de esgoto para as empresas próximas a Marginal do Rio Jundiaí. Além da possibilidade da criação de uma represa em Várzea Paulista.

 

Segundo o prefeito, Várzea Paulista tem uma verba a receber do Comitê de Estudos e Recuperação do Rio Jundiaí (CERJU), de aproximadamente R$ 400 mil. “Este convênio foi criado em 1993 e esse valor ficou pendente”, relata. “Agora, em parceria com a Sabesp, estamos desenvolvendo um projeto, para que esse dinheiro possa ser utilizado”, afirma.

 

Juvenal explica que este trabalho deve ser feito o quanto antes. “Queremos promover melhorias na Marginal do Rio Jundiaí, portanto, a construção da rede de esgoto tem que ser feita antes disso. Para que o asfalto não seja prejudicado”. Rossi destaca que a instalação da rede coletora pode trazer novas empresas para a cidade, e assim, gerar mais empregos.

 

Para Marcelo Oliveira, gerente regional da Sabesp, a empresa tem grande interesse em ampliar o índice de esgoto coletado na cidade, que atualmente é de 94%. “Este é um trabalho conjunto, que beneficiará diversas pessoas. Vamos seguir todos os tramites, para que essa verba possa ser liberada o quanto antes”.

 

Renata Araújo Loes, gerente da Cetesb Jundiaí, viu o encontro como muito proveitoso. “Vemos que todos estão com o mesmo objetivo, preservar o meio ambiente”, explicou. “Estamos à disposição para oferecer as orientações necessárias e dar andamento ao trabalho de despoluição do Rio Jundiaí”, afirma ela. Uma nova reunião deve ser realizada no próximo mês para dar andamento ao projeto.

 

Represa em Várzea Paulista           

 

Durante o encontro, o prefeito Juvenal Rossi destacou seu grande interesse em construir uma represa em Várzea Paulista, para que a captação de água da cidade, não se resuma ao Rio Jundiaí. “Vemos que em tempos de crise hídrica, ter o abastecimento atrelado apenas ao rio é algo muito frágil. Precisamos garantir o fornecimento de água em Várzea Paulista”, defende. “Há muitos anos tenho esse sonho e agora, busco parcerias e a devida orientação, para que o projeto se torne realidade”, comenta Juvenal.

 

O intuito é construir uma represa em uma área de preservação na Marginal do Rio Jundiaí, que possui uma mina d’água e criar em seu entorno um parque ambiental. “Além de garantir água aos nossos moradores, teremos uma área de lazer muito boa”, fala o prefeito.

 

A orientação da gerente da Cetesb é que o projeto seja apresentado ao órgão, para que as devidas medidas sejam tomadas. “Percebemos o interesse ambiental do município, vamos ajudar no que for possível”, destaca Renata.

 

O prefeito ficou satisfeito com a possível parceria. “Todos foram muito receptivos e se mostraram bem interessados em nos ajudar. Agora, daremos continuidade a todas as orientações passadas, para que alcancemos nosso objetivo o mais rápido possível”, conclui Juvenal.