Prefeito recebe visita de delegado da Polícia Federal

Casa Civil - Destaques

Dr. Paulo Víbrio Júnior, da Delegacia que atende região, conhece administração de Várzea Paulista e discute melhorias nas forças de segurança da cidade

 

O prefeito de Várzea Paulista, Juvenal Rossi, reuniu-se em seu gabinete, na manhã de quarta-feira (30), com o delegado chefe Paulo Víbrio Júnior, da Delegacia da Polícia Federal de Campinas, que atende Várzea Paulista e outras 59 cidades.

 

Junto de representantes da OAB-SP e da Prefeitura, os gestores discutiram melhorias para a atuação das forças de segurança na cidade e o gestor regional pode conhecer a realidade da administração municipal.

 

O prefeito Juvenal Rossi destacou importantes conquistas da cidade, como o alcance de 97% de esgoto coletado e tratado, que permitiram a vinda de empreendimentos como o McDonald´s, além da outorga estadual para o uso da água do Rio Jundiaí, no abastecimento hídrico da cidade.

 

O gestor da cidade também destacou os esforços para sanear as dívidas herdadas por sua gestão e os trabalhos para a melhoria da mobilidade urbana do município, assim como a maior autoestima dos varzinos, algo que tem crescido aos poucos. “Hoje mudamos bastante, segundo os conceitos de avaliação do Governo Estadual”, comemorou.

 

O prefeito também ponderou a necessidade de buscar alternativas, junto aos Governos Estadual e Federal, para a Prefeitura não tenha tantos gastos com órgãos de outras estâncias governamentais, como a Delegacia da Polícia Civil.

 

A opinião foi reforçada pelo delegado, que informou que o montante de recursos destinados da União ao equipamento que gerencia ainda não suficientes para que ela possa ter uma sede própria, por exemplo.

 

Júnior também destacou a importância das visitas que faz às cidades administradas pela Delegacia. “Na medida do possível, visitamos as Prefeituras para saber como podemos ajudar”, explicou.

 

Dr. Leandro Ienne, presidente da Comissão de Segurança Pública da OAB-SP, elogiou a coragem que Juvenal Rossi teve para enfrentar, por exemplo, o problema dos loteamentos que anteriormente eram aprovados, sem a devida prudência e planejamento para atender bem os novos munícipes.

 

“Eu trabalhava em um escritório de advocacia, quando ele fazia sua campanha para se eleger prefeito pela primeira vez, e vi o quanto foi corajoso por não esconder a questão dos loteamentos. Juvenal teve a coragem de enfrentar a questão e fazer o necessário”, elogiou. O advogado também o parabenizou pela reeleição. “A população reconheceu que ele tem feito a diferença, na cidade”, finalizou.

 

Também participaram da reunião o chefe de Gabinete de Várzea Paulista, Ernaldo Arthur, e o presidente da sub-sede da OAB varzina, Dr. Ricardo José Rodrigues.

 

Trabalho abrangente

 

O delegado fez questão de ressaltar a extensa linha de atuação da Polícia Civil. “A operação Lava Jato corresponde a apenas 10% de tudo o que fazemos”.

 

A Delegacia de Campinas realiza diversos serviços, segundo ele, como a emissão de 10 mil passaportes por mês. “É a terceira maior delegacia em emissão desses documentos”.

 

O equipamento também executa outros importantes serviços, como a fiscalização de aeroportos, entre eles o Aeroporto Internacional de Viracopos, um dos maiores do Brasil e até mesmo a fiscalização dos serviços dos bancos. “Pouca gente sabe, mas se não fizéssemos esse trabalho, os bancos sequer poderiam funcionar”, explicou.