GM de Várzea Paulista e Sabesp trabalham em parceria

Casa Civil - Destaques
Drone da Guarda Municipal varzina auxilia no trabalho de monitoramento de nascentes da empresa de abastecimento de água 
 
A Guarda Municipal de Várzea Paulista tem trabalhado em parceria com a Sabesp, auxiliando a empresa no monitoramento de nascentes e identificação de captações irregulares de água do Rio Jundiaí, por meio de imagens aéreas obtidas com o drone (aeronave não tripulada).
           
De acordo com o gerente administrativo da Sabesp – divisão Campo Limpo Pta. e Várzea Paulista, Alexandre Angela, há quatro meses a empresa tem feito o mapeamento das áreas do entorno do Rio Jundiaí, para identificar possíveis captações irregulares de água, que possam comprometer o abastecimento da população.
           
Para que o trabalho fosse feito de maneira completa, a empresa solicitou o apoio da GM de Várzea Paulista para a obtenção de imagens aéreas. “Muitos locais possuem mata fechada ou são de difícil acesso. Nestes casos o apoio do drone foi fundamental”, explica Alexandre.
           
O representante da Sabesp informa que o trabalho teve início no bairro Iara, em Campo Limpo Paulista, local que contém o cultivo de muitas hortaliças, leguminosas e frutas. “Hoje 60% da água utilizada vai para irrigação, mas já existem meios mais modernos e que utilizam menos água para fazer o cultivo de alimentos”, esclarece. “Nosso intuito, neste momento, é conversar com os agricultores para que busquem aprimorar seus sistemas e se conscientizem sobre seu uso correto”, diz Alexandre. “Nosso intuito não é prejudicar a produção, mas garantir o abastecimento de água à população, que é nossa grande prioridade”, afirma.
 
O inspetor da GM de Várzea Paulista, Edson Barcaro, ressaltou que o uso do drone sempre foi voltado para questões ambientais. “Cerca de 80% da água que abastecem a região passam por essa área. Poder contribuir com esse trabalho de preservação é gratificante”. O trabalho também contou com o apoio da empresa Marcelo Albarello Drones.