GM realiza trabalho voluntário na Guardinha

Casa Civil - Destaques
Comportamento Social, Segurança Pública, Direitos Trabalhistas e Racismo; são alguns dos temas abordados com os alunos da Guardinha 
 
Em sala de aula, a Associação de Educação do Homem de Amanhã (Guardinha), vem abordando vários temas com os alunos, entre eles: Comportamento Social, Segurança Pública, Direitos Trabalhistas, Racismo e o ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente), onde o intuito é capacitar os estudantes e formar cidadãos críticos, além de atender adolescentes em situações de vulnerabilidade social.
 
Segundo o Guarda Municipal de Várzea Paulista Rezaghi, que é professor voluntário da Guardinha desde janeiro deste ano, a importância de trabalhar com os alunos esses temas é para capacitá-los para o mercado de trabalho. “Como eles estão em aprendizagem, esses conhecimentos sobre os conflitos sociais chegou para agregar.” 
 
O GM completou dizendo que o mercado de trabalho é competitivo e exige do aluno uma boa base de conhecimento sobre vários temas, entre os mais importantes, está à disciplina em respeitar as leis e os direitos e deveres de todo cidadão. “Dou aula duas vezes por semana e sempre trago temas polêmicos para serem discutidos. Todo debate agrega pontos de vistas distintos na qual o intuito é respeitar as diferenças e formar um cidadão crítico”, completou. 
 
 
A Entidade 
 
A Guardinha, Associação de Educação do Homem de Amanhã de Várzea Paulista, foi criada em 07/12/1994 para atender adolescentes residentes da região e com faixa etária entre 16 e 18 anos em situação de vulnerabilidade social, possibilitando ingressar no mercado de trabalho, priorizando o resgate de sua cidadania, formação de consciência crítica e educação complementar (valores morais, culturais, éticos, sociais e profissionalizantes), através de atendimento psicossocial, tem como objetivo de proporcionar melhoria na qualidade de vida. 
 
A Associação fica localizada na Av. Bertioga, 1455 – Vila Tupi- Várzea Paulista – SP e fica aberta ao público de terça à quinta-feira, das 8h às 12h e das 13h às 17h. Telefone para contato: (11) 4596 – 4301.