Parceria entre prefeitura e CPFL moderniza iluminação

Casa Civil - Destaques
Iniciativa é resposta à solicitação do prefeito Juvenal Rossi. CEMEBs e Apae tiveram todas as lâmpadas fluorescentes substituídas por iluminação de LED
 
 
Na última quarta-feira (11), teve início a parceria entre a prefeitura de Várzea Paulista e a CPFL para modernizar a iluminação pública das CEMEBs e Apae do município. A iniciativa é uma resposta à solicitação do prefeito Juvenal Rossi, que em 2014, solicitou a empresa de iluminação que colaborasse com os esforços da prefeitura na busca por meios de economizar nos gastos públicos. 
 
Segundo Juvenal Rossi, o projeto só traz vantagens para a cidade. “Toda forma de economia é muito bem vinda. Conheci o projeto e solicitei que Várzea Paulista pudesse receber esse beneficio”, informa. Além da economia no valor da conta, a lâmpada de LED tem uma durabilidade maior, o que também diminui o número de manutenções. “A iniciativa é muito positiva e vou estudar a viabilidade para expandi-la para outros prédios públicos”, relata o prefeito. 
     
O projeto de eficiência energética em prédios públicos consiste na troca do sistema de iluminação antigo, geralmente composto por lâmpadas fluorescentes e reatores eletromagnéticos, por lâmpadas tubulares a LED, eliminando assim, a necessidade de reatores. A CPFL vai investir R$ 262.511,68 em Várzea Paulista, beneficiando 9 prédios – a APAE e mais 8 escolas municipais.
 
Eficiência Energética
 
De acordo com o consultor de negócios da CPFL, Fernando Nascimento Monteiro, o trabalho tem o intuito de atender à necessidade de redução no consumo de energia elétrica e a redução da demanda na ponta, junto aos órgãos públicos municipais, estaduais e federais. “Também atendemos instituições que não possuem fins lucrativos, como a APAE de Várzea Paulista, garantindo a qualidade da iluminação, sem que os usuários percebam a mudança de tecnologia”, explica.
 
Somente na APAE, mais de 540 lâmpadas foram trocadas, em 259 pontos de iluminação, com um investimento de mais de R$ 50 mil. “As lâmpadas de LED tem uma durabilidade de 40 mil horas. Se utilizadas por 10 horas diárias, terão uma duração de aproximadamente 10 anos”, informa Fernando.
 
A economia financeira também é significativa. “As lâmpadas fluorescentes são de 40 watts, já as de LED são de 18 watts, sem apresentar diminuição de luminosidade. O que gera uma economia de aproximadamente 50%”, relata o consultor. O trabalho de troca de lâmpadas prossegue nas CEMEBs.
 
Para o diretor técnico escolar, Luiz Antonio Lopes Garcia, a nova iluminação é muito benéfica. “Tanto na questão econômica, quanto na de segurança as lâmpadas de LED são melhores, já que gastam menos e são de plástico. O que diminui o risco de acidentes”, ressalta. 
 
 

 

Unidade

Economia Energética [MWh/ano]

Quantidade de Pontos

Investimento

 
 

APAE

36,36

259

R$      50.174,08

 

CEMEB ANÍSIO TEIXEIRA

19,78

142

R$      27.752,68

 

CEMEB ERICH BECKER

24,85

163

R$      32.012,74

 

CEMEB JARDIM AMÉRICA III

4,26

33

R$        6.300,22

 

CEMEB Prof.ª EDITE SCHNEIDER

24,33

150

R$      33.203,70

 

CEMEB MANOEL CAETANO DE ALMEIDA

15,65

98

R$      20.304,07

 

CEMEB Prof.ª PALMYRA D’ALMEIDA RINALDI

29,47

156

R$      48.108,67

 

CEMEB SÃO MIGUEL ARCANJO

25,69

153

R$      31.602,90

 

CEMEB DRª ZILDA ARNS

9,6

63

R$      13.052,62

 

Total

189,99

1.217

R$    262.511,68