Estagiários de nutrição realizam avaliação das crianças

Saúde - Cotidiano
Dados permitirão traçar o perfil nutricional dos alunos da rede municipal
 
 
Nesta semana, estagiários de nutrição estão realizando a avaliação nutricional das crianças da rede municipal de ensino de Várzea Paulista. O trabalho faz parte de uma parceria entre a Prefeitura Municipal de Várzea Paulista e a Universidade Padre Anchieta.
 
A avaliação é feita através da medição e pesagem das crianças, e tabulação e análise dos dados coletados. Os estagiários passarão por todas as escolas municipais. O resultado dessa avaliação chamada de antropométrica será inserido na Plataforma Brasil como artigo científico. “Os dados traçam o perfil nutricional dos alunos do município” conta a nutricionista da prefeitura.
 
Os estudantes têm a supervisão da nutricionista da prefeitura Raquel Coelho e da coordenadora do curso de nutrição da universidade que acompanham todo o trabalho dos estagiários.
 
Raquel conta que o trabalho desenvolvido é importante, pois, aproxima a escola da supervisão de merenda escolar. Segundo ela os estagiários empenham-se nas atividades desenvolvidas é há bons resultados. “É uma parceria positiva para o município e para os estudantes que podem colocar em prática os conhecimentos adquiridos na faculdade”.
 
A estagiária Fernanda Sena conta o trabalho realizado tem contribuído muito para sua formação. “É uma experiência profissional importante onde aprendo muito e que me possibilita o contato com diversas faixas etárias”.
 
Bruna Tahara também faz parte do grupo de estagiários e relata que além de ser uma experiência profissional interessante é uma oportunidade de colocar em prática o que aprendeu. “Avaliamos se o peso e a altura das crianças estão adequados a faixa etária”.
 
Além do trabalho de antropometria outros são desenvolvidos pelas equipes de estagiários como teatros sobre alimentação saudável, cartilha de nutrição para as escolas, jogos educativos e receituário padrão para as creches. “Os projetos são desenvolvidos conforme as necessidades do município” finaliza Raquel.