Vigilância Ambiental alerta sobre vazamento de esgoto

Saúde - Cotidiano
Água da chuva lançada na rede de esgoto causa o extravasamento do sistema. Saiba como evitar o problema.
 
Grande parte dos problemas de vazamento de esgoto ocorre por haver ligações inadequadas de águas pluviais, vindas das chuvas, na rede de esgoto, causando o rompimento ou extravasamento da mesma.
 
O problema pode fazer ainda com que o esgoto retorne às residências por conta do alto fluxo e pressão, onde as tubulações e ralos internos servirão de válvula de escape.
 
De acordo com o supervisor de Saúde Coletiva, Kleber Zechin a situação torna-se ainda mais crítica em épocas de chuvas. “Em muitas residências, o morador, por falta de informação, acaba despejando a água vinda das chuvas, que passam pelo telhado e quintal, diretamente na rede de esgoto” – relata – “essa prática causa um rápido aumento da quantidade e fluxo de água na tubulação, extravasando nas caixas de inspeção, que na maioria das vezes estão instaladas nas calçadas ou quintais”.
 
Quando não há essas caixas, o fluxo de esgoto, excessivamente aumentado, acaba vazando dentro das residências através do vaso sanitário, dos ralos internos e até da pia da cozinha, ocasionando sérios riscos à saúde e transtornos aos moradores.
 
Para evitar o problema é necessário que o proprietário do imóvel faça as ligações corretamente, já que a rede de esgoto é dimensionada e serve para levar apenas a água do vaso sanitário, pia, tanque e chuveiro. “A água da chuva deve ir para a rua, para correr pelo meio fio, e, assim, chegar ao sistema pluvial”, informa o supervisor.
 
Kleber finaliza com uma ressalva. “Não jogue nenhum tipo de sujeira nos vasos sanitários, ralos ou outro acesso da rede de esgoto, como fraldas, absorventes, sacolas plásticas ou outros detritos sólidos. A rede coletora de esgotos pode se entupir e prejudicar você e sua família”, conclui.
 
Para mais informações ou denuncias entre em contato com a Ouvidoria Geral do município pelo telefone 4596-9656 ou Vigilância Ambiental pelo número 4606-8108.