Primeiras damas discutem medidas sociais

Casa Civil - Destaques

Ângela Rossi, de Várzea Paulista e Margaret Bigardi, de Jundiaí, dialogam sobre projetos do Fundo Social de Solidariedade dos municípios

As primeiras damas de Várzea Paulista e Jundiaí, Ângela Rossi e Margaret Bigard, se reuniram quinta-feira (9) no Fundo Social de Solidariedade varzino para trocar experiências e idéias sobre como desenvolver as atividades do projeto. 
 
Ângela Rossi afirma que o conhecimento sobre o trabalho realizado, no município vizinho, amplia a visão do grupo que atua em Várzea Paulista. “Eu e Margaret estamos começando no Fundo Social e podemos aprender uma com a outra” – diz – “Também estamos planejando uma visita à primeira dama de Cajamar, Neia Fonseca, que já atua há alguns anos na área e pode nos ajudar com o seu conhecimento e experiência”, diz. 
 
As presidentes dos Fundos de Solidariedade também conversaram sobre projetos que beneficiem a população e fortaleça a autoestima dos moradores. “Quero levar esporte e cultura aos bairros, cuidar do interior das pessoas, valorizando a capacidade de cada um”, afirma Margaret Bigardi. 
 
A valorização do ser humano e a retomada de valores familiares foi destacada pela vereadora Valdilene Silva, que também participou do encontro. “Se cuidarmos da família, da base da formação, a preocupação com os adolescentes será reduzida”, diz. 
 
O grupo visitou o prédio onde funciona o Fundo Social de Solidariedade de Várzea Paulista e discutiu projetos futuros. 
 
 
Municípios parceiros
 
A parceria entre os municípios foi ressaltada pelo secretário de Assistência Social, Jeremias Santana, que destacou que a construção do CRAS Norte só foi possível graças à emenda parlamentar enviada por Pedro Bigardi, em seu período como deputado estadual. “Somos municípios parceiros”, afirma.