Jovens decidem investimentos da cidade em Assembleia

Casa Civil - Destaques

Depois de votarem nas demandas que deverão ser executadas no próximo ano, por meio do OP Jovem, participantes desfrutarão de Tarde Cultural

O Plano Várzea 2022 está mobilizando toda a cidade de Várzea Paulista para pensar no futuro que os cidadãos desejam para o município a curto, médio e longo prazo. Neste ritmo, a Assembleia do Orçamento Participativo Jovem, que marca a 3ª fase do OP Jovem, acontece no dia 24 de setembro na Praça da Bíblia das 15h às 19h. Este é o momento para que os pacotes de demandas apontadas pelos jovens sejam apresentados e colocados em votação. Esses pacotes contêm obras, melhorias, cursos e oficinas voltados para os jovens. Todos os moradores varzinos de 10 a 29 anos poderão participar e eleger as demandas consideradas prioritárias para este público.

Segundo a coordenadora do OP Jovem, Caroline Macedo, o momento é determinante porque os jovens vão escolher o pacote de demandas que será executado em 2012. “É um momento em que eles vão de fato escolher qual o pacote de demanda que vai ser realizado no ano que vem. Antes, eles vivenciaram  acontecimentos importantes no processo de participação popular: realizaram reuniões nas diversas regiões, tomaram conhecimento do que é o orçamento público e a administração pública e elegeram também representantes populares jovens, que montaram os pacotes para votação na Assembleia”, destacou.

No início do mês de julho, os jovens de Várzea Paulista tiveram a oportunidade de discutir o destino da verba de R$ 200 mil que serão utilizados em demandas para a juventude da cidade por meio do Fórum Centralizado dos Delegados do Orçamento Participativo Jovem. Reunidos, eles montaram cinco propostas que serão discutidas na Assembleia.

O primeiro pacote contempla a reforma parcial do Centro Cultural, aquisição de instrumentos musicais e três turmas para os cursos do PET, contabilizando um total de R$198.350,00.

A segunda proposta está toda voltada à área cultural e contemplou a reforma completa do Centro Cultural, oficinas culturais e aquisição de instrumentos musicais, somando um total de R$199.650,00.

Na proposição do terceiro pacote, a Praça da Bíblia apareceu como a única demanda já que a reforma custa o valor do investimento total disponibilizado para o OP Jovem, R$ 200 mil.

Na quarta possibilidade foram sugeridos reforma parcial do Centro Cultural, aquisição de instrumentos musicais, oficinas culturais e curso de inglês, totalizando R$189.850,00.

Já na quinta proposta, surgiram as seguintes demandas: curso de inglês, duas turmas do PET e oficinas culturais, o que resultaria em um pacote de  R$194.200,00.

Caroline Macedo lembra também que este acontecimento marca a legitimação  das Comissões Populares Jovens, que atualmente contam com 28 integrantes e poderá ter esse número ampliado durante a Assembleia, se mais jovens se interessarem em participar. “São os membros das comissões que fiscalizarão o andamento da execução das demandas e será aberto espaço para que mais jovens participem se manifestarem vontade.”

Após a Assembleia será promovida a Tarde Cultural, com apresentação de bandas de jovens da cidade e outras atividades culturais e artísticas, como dança, teatro e capoeira. ”Será um espaço destinado aos jovens varzinos para que  mostrem suas habilidades e talentos, afinal, este também foi um desejo manifestado por eles, o de participarem mais do cenário cultural”, comentou a coordenadora do OP Jovem.