Prefeito sanciona lei que institui feriado do Dia da Consciência Negra em Várzea Paulista

Esporte e Lazer - Destaques

Objetivo é homenagear e conscientizar as pessoas sobre a importância do povo negro e suas conquistas na sociedade

O prefeito de Várzea Paulista, Eduardo Tadeu Pereira, sancionou na manhã desta sexta-feira (10) o projeto que institui no município o feriado do Dia da Consciência Negra, celebrado em 20 de novembro. Estiveram presentes no Gabinete do prefeito os vereadores Mauro Batista, Demércio De Almeida e José Marcos de Azevedo; o presidente do PSOL de Jundiaí, Wanderlei Victorino e representantes negros da cidade.

Para o prefeito Eduardo, a sanção do feriado é uma maneira de homenagear o povo negro e conscientizar os varzinos sobre a importância da luta dessas pessoas por uma sociedade justa e igualitária. “O feriado vai homenagear e fazer com que as pessoas reflitam e se conscientizem sobre a importância dessas pessoas na construção de uma sociedade mais justa e igualitária, com chances para todos, independente da cor”, disse.

O vereador Mauro Batista, autor do projeto, que também foi assinado pelos vereadores presentes, ressaltou que a conquista é derivada de uma luta conjunta entre Poder Público e movimentos afro-descendentes. “Essa é uma forma de valorização do movimento negro em nossa cidade. Lutamos para que eles sejam vistos como agentes que podem e fazem muito pela nossa cidade”, afirma.

A escolha da data para a celebração da Consciência Negra é uma homenagem a Zumbi dos Palmares, símbolo da resistência negra ao escravismo no Brasil, que morreu em 20 de novembro de 1695.

 Compartilhar no FacebookCompartilhar no Twitter