Prefeitura de Várzea Paulista contrata Araken Martinho

Casa Civil - Destaques

O conceituado arquiteto é secretário adjunto de Gabinete e contribuirá com o planejamento urbanístico de médio e longo prazo da cidade

A partir deste mês, Araken Martinho, é funcionário da Prefeitura de Várzea Paulista, assumindo o cargo de secretário-adjunto do Gabinete do prefeito Eduardo Pereira. O conceituado arquiteto chega em um momento que a administração está desenvolvendo ações de planejamento a médio e longo prazos para a cidade. “Estamos iniciando uma nova etapa na administração do município e a chegada do Araken mostra o tamanho e a seriedade deste projeto. Além de investir na sua reconhecida experiência, estamos trazendo um profissional que tem afinidade com o governo e compromisso com nosso planejamento de futuro para Várzea Paulista”, destaca Eduardo.
 
Para o arquiteto jundiaiense, que coleciona vasta vivência em planejamentos urbanísticos, o atual governo de Várzea Paulista, desde 2005, vem construindo uma nova cidade de forma coletiva e planejada. “Quando técnicos e políticos tomam decisões sem a sabedoria da população, geralmente não acertam nas prioridades e gastam muito mais dinheiro. Esta administração estabeleceu um projeto de governo participativo e o planejamento da cidade é fruto desta vivência cotidiana”, reconhece Araken.
 
 
“O dever de casa foi feito”
 
O especialista lembra que a prefeitura de Várzea Paulista mantém técnicos talentosos, que souberam dar os passos certos em cada etapa do planejamento e que sua chegada é para somar experiência à continuidade dos projetos da cidade. “O dever de casa foi feito com a aprovação do Plano Diretor e a viabilização de instalações como o Hotel Express Inn Orquídea, Spazzio Baco e Estação Shopping, marca o profissionalismo do trabalho desenvolvido até aqui. Agora é o momento de repensar o centro da cidade com projetos urbanos reais e o centro administrativo é um deles”, reforça Araken Martinho.
 
 
O novo Centro Administrativo 
 
Integrada ao projeto urbano está a construção do novo Centro Administrativo de Várzea Paulista, reunindo os três poderes (Executivo, Legislativo e Judiciário) na mesma área. Há a possibilidade de abertura de Concurso Público Nacional para escolha do projeto arquitetônico que definirá como será utilizado o espaço e as construções da Prefeitura, da Câmara Municipal e do Fórum local, além de outras estruturas culturais e sociais. “O Concurso Público Nacional de Projeto de Arquitetura é um instrumento justo de contratação, seja pelo valor de mercado ou pelo melhor serviço técnico e intelectual contratado”, defende Araken. 
 
 
Cinco décadas de experiência
 
Araken Martinho faz parte de um seleto grupo de arquitetos jundiaienses que se formou pela FAU/USP. Os jovens profissionais, ainda no início dos anos 1960, decidiram desenvolver suas carreiras na cidade de Jundiaí e foram se destacando no cenário nacional. São mais de trinta anos exercendo o magistério de arquitetura e urbanismo na PUC de Campinas. Em 2007, encaminhou seus alunos à conquista do primeiro lugar na Bienal de Arquitetura de São Paulo.
 
Além das centenas de projetos de casas e mansões, foi responsável pelo traçado e projeto do Paço Municipal de Jundiaí e também dos prédios do Campus I da PUC de Campinas.
 
 
Os cargos públicos
 
Em Jundiaí, Araken foi diretor de Planejamento e coordenador de Projetos Especiais nas administrações de André Benassi. Em Campinas, foi secretário de Planejamento na administração do prefeito Antonio da Costa Santos e esteve à frente do Escritório de Planejamento da Cidade, que foi criado pela prefeita Izalene Tiene, para acompanhar a elaboração do Plano Executivo de Desenvolvimento, o Plano Diretor e outras atribuições.
 
Atualmente, Araken Martinho é o presidente da Comissão do Plano Diretor de Jundiaí. Foi indicado como representante do IAB (Instituto de Arquitetos do Brasil) e eleito para presidir o Conselho.