Escolha do Hino de Várzea Paulista terá voto popular

Casa Civil - Destaques

Julgamento acontece em maio. Candidatos devem inscrever música e letra até 20 de abril

É grande a expectativa para a escolha do Hino Municipal de Várzea Paulista. A cidade, que completou 46 anos no último dia 21 de março, ainda não conta com esse símbolo, que neste ano passa a fazer parte da história do município. Um dos destaques do processo de escolha será o voto popular, que somará um ponto durante o julgamento,  que ocorre entre os dias 13 e 15 de maio.

As inscrições para participar do concurso do Hino Municipal já estão abertas e vão até o dia 20 de abril. Os candidatos, que não precisam ser moradores de Várzea Paulista, podem apresentar até duas obras. Além dos documentos exigidos no edital, os compositores devem enviar a obra gravada em dois CDs.

A composição deve ser apresentada com letra e acompanhamento instrumental, com bom nível de gravação. Segundo Eufraudísio Modesto, supervisor do Departamento de Artes e Cultura da cidade, os autores podem gravar com qualquer instrumento. Desde violino a pandeiro. E a gravação não precisa ser feita em estúdio. “O importante é a melodia da obra. Torcemos muito para que vença a mais melódica e mais cativante. O que queremos é que esse Hino não seja somente mais um símbolo, mas que faça parte da vida das pessoas. Que seja cantado com emoção pelos varzinos todas as vezes em que for executado”, disse.

O maestro Gessé Araujo, membro da Comissão Organizadora, acredita que o momento é excelente para a criação do Hino. Segundo ele, não há mais necessidade de as composições seguirem a regra da música marcial, como ocorria há alguns anos. “Hoje os hinos podem ser elaborados de diversas formas e com diversos ritmos. Felizmente não precisa mais ter o tom de marcha militar. Pode ser uma cantiga, um samba, um hip hop, uma valsa. O que vai contar é o conjunto da obra. Quanto mais melódica e criativa, mais cativante vai se tornar”, avalia.

Para garantir a lisura no processo, que começou a ser pesquisado há cerca de quatro anos, a Comissão Organizadora, com membros da comunidade e do Conselho Municipal de Cultura, elaborou um edital rigoroso, acompanhado de constante assessoria jurídica. A escolha dos julgadores também será fundamental. “O nível e imparcialidade da Comissão Julgadora é o que vai fazer a diferença”, disse Eufraudísio. Para tanto, estão sendo convidados músicos e historiadores que terão a tarefa de avaliar melodia, ritmo, harmonia e a menção aos fatos históricos da cidade.

A Comissão Curadora, que fará a pré-seleção, também não terá informações sobre os autores no momento da avaliação. Os envelopes terão senha e como já exige o edital, o compositor não pode colocar seu nome ao final da obra ou citá-lo na gravação do CD.

Sobre o voto do público, o supervisor disse o momento é histórico e, portanto, precisa da participação popular. “Esse governo já está caracterizado pela mudança de concepções e valores, com a participação efetiva da sociedade. A escolha do Hino Municipal vem consolidar o trabalho que temos desenvolvido na criação de uma identidade cultural para Várzea Paulista. E num momento histórico como esse, o povo não poderia faltar”.

O voto popular se dará durante o julgamento. Além dos votos da Comissão Julgadora, o público presente ao evento poderá participar marcando seu voto em uma cédula, que será depositada em uma urna. Em seguida, a Comissão Organizadora fará a contagem e a composição mais votada computará um voto.

 

Calendário

A inscrição, gratuita, deve ser feita até o dia 20 de abril, das 9 às 17 horas, no Departamento de Arte e Cultura, rua Manoel Gonçalves, 200, Jardim Primavera, Várzea Paulista. O envio também pode ser via sedex.

Não deixe de conferir o Regulamento e o Edital para preparar sua Ficha de Inscrição. Clique no link desejado e faça o download. Confira também a historia de Várzea Paulista.
 
Pré-seleção – de 25 a 29 de abril. Em seguida o Departamento de Artes e Cultura divulga a lista dos selecionados e data de apresentação.
 
Apresentação e julgamento – 13, 14 e 15 de maio.
 
Mais informações podem ser obtidas no Departamento de Artes e Cultura ou pelo telefone 4595 4080.