EMEF Anísio Teixeira ganha sala de informática

Educação - Destaques

Iniciativa é resultado da participação de Várzea Paulista no Proinfo (Programa Nacional de Tecnologia Educacional), do Governo Federal

Várzea Paulista deu mais um passo importante para a valorização da educação e a inclusão digital. Na manhã desta sexta-feira (18), a Prefeitura inaugurou uma sala de informática na EMEF Anísio Teixeira, no Jardim América II.

A iniciativa é resultado da participação do município no Proinfo (Programa Nacional de Tecnologia Educacional). Composto por 16 computadores e uma impressora, o espaço conta com duas professoras e representa um avanço para os estudantes varzinos, que poderão complementar o aprendizado com o acesso gratuito à internet.

O evento na EMEF Anísio Teixeira contou com as presenças do prefeito, Eduardo Tadeu Pereira, do vice-prefeito, Lula Raniero, do secretário de Educação, Cultura, Esportes e Lazer, Luciano Braz de Marques, e da diretora da escola, Ivete Aparecida Musseli Cezar.

“Essa inauguração é um símbolo da fase de mudanças que estamos atravessando, depois da crise econômica de 2009. Já inauguramos o Centro de Especialidades Odontológicas, iremos entregar as obras de duplicação da Avenida Duque de Caxias e lançaremos a pedra fundamental da UBS da Vila Marajó. Iremos inaugurar outras duas unidades básicas de saúde na Promeca e no Jardim Paulista. Estou muito otimista em relação ao futuro”, avaliou o prefeito.

Ainda segundo Eduardo, outras conquistas estão a caminho.“Teremos um shopping center com cinema. Vamos terminar em 2012 com a Estação de Tratamento de Esgoto”, afirmou Eduardo.

O vice-prefeito Lula Raniero também frisou que Várzea Paulista “vive um novo capítulo em sua história” e que a gestão “tem demonstrado capacidade para enfrentar os problemas.”

 

Informatização

 Atualmente, cinco entre 11 escolas de Ensino Fundamental da cidade já participam do projeto. Ao todo, já foram entregues 200 computadores.  “Estamos trabalhando há bastante tempo pela implantação do Proinfo em nossa cidade. Para nós, é muito importante propiciar mais essa ferramenta aos nossos alunos”, disse o secretário Luciano Braz.

Segundo ele, ainda neste semestre, todas as EMEFs devem ser contempladas com o programa.

Para a diretora da escola, Ivete Aparecida, a inauguração da sala traduz a preocupação da Prefeitura com os investimentos no setor educacional. “A informática faz com que a educação se torne mais significativa para os alunos, não uma coisa distante.”