Defesa Civil de Várzea interdita seis casas no Jardim Novo Mundo

Casa Civil - Destaques

O deslizamento de terra ocorrido ontem (03), no Jardim Novo Mundo, em Várzea Paulista, foi provocado pela queda de um muro de arrimo dentro de empreendimento particular. Por conta do acidente, seis casas permanecerão interditadas pela Defesa Civil, até que o muro seja reconstruído, a fim de evitar acidentes mais graves. A responsabilidade pela reconstrução do muro e alojamento das famílias desabrigadas é da construtora do empreendimento, mas a Defesa Civil continuará cumprindo sua função de garantir a segurança dos moradores. 

Operação Verão
A Defesa Civil de Várzea Paulista continua com a Operação Verão, que tem como objetivo prevenir ocorrências durante o período de chuvas por meio de monitoramento e do apoio à população.
A COMDEC (Coordenação Municipal de Defesa Civil) envolve as Secretarias de Obras, Segurança Pública, Gestão Pública, Trânsito, Comunicação, Assistência Social e Infraestrutura. Já a Saúde e Educação atuam no suporte, providenciando abrigo, caso necessário, e atendimento, respectivamente. O órgão é vinculado à Guarda Municipal e realiza visitas de reconhecimento nos locais de possíveis ocorrências.
Com a situação das áreas de risco considerada estável em Várzea Paulista, a Defesa Civil está preparada para desenvolver ações preventivas, com o acompanhamento da previsão meteorológica, medição dos índices pluviométricos diários e realização de vistorias técnicas em áreas sujeitas a risco. “Este planejamento estratégico é importante para avaliarmos os pontos críticos da cidade e trabalhar na prevenção”, informa Cícero Petrica, Secretário de Obras e coordenador técnico, responsável por atender casos que envolvem deslizamento de terras e sinais de ocorrências.
Os moradores de cada área também podem colaborar com a prevenção, adotando medidas que evitem possíveis deslizamentos e ficando atentos aos sinais indicadores de ocorrências, como rachaduras em paredes, canaletas e escadarias; muros, árvores e postes inclinados; terrenos afundados formando degraus e surgimento de olho d’água.
Nestes casos, a população deve avisar a Defesa Civil, que atende ocorrências 24 horas, pelo telefone 0800 770 0811.