Moradores da região Norte decidem investimentos de 2011

Casa Civil - Destaques

“Essa é a melhor forma que um governo tem de saber o que realmente o povo quer”, diz moradora do Jardim América III

 
O Orçamento Participativo realizou a sua terceira Assembleia Regional na última terça-feira (24), com os moradores da região V, que compreende os bairros Vila Real, Jardim São Paulo, Jardim Boa Vista e Jardins América III e IV. A disputa entre as demandas foi bastante acirrada e a vencedora ganhou com a diferença de apenas um voto, prevendo, entre as melhorias, iluminação e limpeza de cinco vielas e construção de uma passarela de pedestres.  A próxima Assembleia será na sexta-feira (27) na região, III, que contempla os bairros da região da Vila Popular.
 
As Assembleias Regionais consistem na etapa decisiva do OP. Conduzidas pelo vice-prefeito, Lula Raniero, elas serão realizadas nas seis regiões do município, para que os moradores de cada uma delas possam votar nas demandas que deverão ser realizadas com parte do orçamento de 2011. “Desde 2005, estamos criando espaços de participação para que a população nos mostre onde é necessário investir o orçamento municipal. Estamos ampliando cada vez mais essa participação, porque a população recebeu muito bem essa proposta e está aderindo cada vez mais a ela”, explica Lula.
 
As demandas votadas nas Assembleias Regionais foram indicadas pela população durante as Reuniões de Bairro, realizadas no primeiro semestre de 2010, totalizando 56 encontros. Todas elas foram analisadas pelos técnicos da Prefeitura, quanto à viabilidade de execução, e discutidas com os delegados do OP, durante dois Fóruns de Delegados.
 
Na Assembleia da Região V, o pacote de demandas vencedor prevê o investimento de R$ 274.559,17 nos bairros contemplados. As melhorias escolhidas são: construção de muro, calçada, alambrado e parque com acessibilidade na creche do Jardim América III; ampliar local de trabalho dos agentes comunitários na USF da Vila Real e instalação de forro térmico; iluminação e limpeza de 5 vielas no Jardim São Paulo e construção de passarela de pedestres sobre o córrego Pequeri.
 
Além das demandas que vão para votação, muitas necessidades apontadas pela população foram encaminhadas para as secretarias e órgãos competentes através dos Conselhos Municipais e Locais das diversas áreas, como Saúde, Educação, entre outras.
 
Também nas Assembleias Regionais, são eleitos os Conselheiros, que serão responsáveis pelo acompanhamento e fiscalização da execução das demandas eleitas.
 
Novos adeptos
 
A oportunidade de poder participar das decisões do governo municipal, por meio do Orçamento Participativo, está atraindo novos adeptos para iniciativa. Este é o caso de Isabel Rodrigues, moradora do Jardim América III. “Essa é a melhor forma que um governo tem de saber o que realmente o povo quer”, avalia. No início, Isabel ficou desconfiada, achando que o método não iria funcionar. “Depois que fui à primeira reunião notei que nós realmente somos ouvidos e que a participação era possível”, diz.
 
Aqueles que estão inseridos no processo desde sei início, em 2005, garantem que o OP é a melhor forma de diálogo com o governo. “Foi o caminho ideal para o governo se unir com a população para promover as melhorias da cidade. O Eduardo abriu um grande espaço para nós”, conta Neuza Valcira Gonzaga, eleita uma das Conselheiras da região V.
 
Confira as datas das Assembléias e participe!
 
Dia 27 de agosto – Região III
EMEF Palmyra Aurora D’Almeida Rinaldi. Rua Itaipu, 150. Parque Guarani. Às 19 horas.
 
Dia 31 de agosto – Região I
Ginásio de Esportes Jordan Dias Fernandes. Rua Portugal, s/n. Jardim Promeca. Às 19 horas.
 
Dia 3 de setembro – Região IV
Ginásio de Esportes Ayrton Senna da Silva. Rua Aristides Nivoloni, 240. Jardim Maria de Fátima. Às 19 horas.