6ª Orquivárzea atrai 40 mil pessoas em três dias de festa

Esporte e Lazer - Destaques

Visita à exposição dobra em relação a 2009; exposição já ganha ares internacionais

 
A 6ª Orquivárzea, tradicional festa das orquídeas de Várzea Paulista, terminou com balanço muito positivo. Cerca de 40 mil pessoas passaram pela cidade durante o evento.
Apenas na noite do sábado (21), 20 mil pessoas pularam e dançaram ao som dos Paralamas do Sucesso. Outras 20 mil se encantaram pelas orquídeas de todo o Brasil na exposição, praça de alimentação e expresso orquidádio, número que representa o dobro do atingido no ano passado. Durante os três dias, foram vendidos 1,8 mil vasos floridos e 3 mil mudas.
 
Reconhecida nacionalmente, a Orquivárzea, teve a sua exposição inaugurada na noite da quinta-feira (19), desta vez rompendo as fronteiras do Brasil. Além de contar com a exposição de orquídeas de diversos estados do País, o evento trouxe também plantas da Tailândia, Argentina e Alemanha. O prefeito Eduardo Pereira descerrou o laço inaugural e abriu a exposição, com cerca de 700 flores de 19 cidades diferentes, ao lado de seu vice, Lula Raniero, e autoridades da cidade e região. “A Orquivárzea existe nessas proporções porque os varzinos abraçaram essa ideia e querem a orquídea como símbolo da cidade”, afirma o prefeito.
 
Várzea Paulista tem se consolidado cada ano mais como Cidade das Orquídeas. De acordo com o prefeito Eduardo Pereira o fato se deve ao trabalho desenvolvido pelos orquidários da cidade e também à população, que abraçou a ideia lançada pela Prefeitura no início de sua administração, de tornar a orquídea um símbolo da cidade.
 
O vice-prefeito Lula Raniero, considera essa aceitação da população a demonstração das perspectivas que os varzinos tem para o futuro. “Eles adotaram esse símbolo e isso significa que eles acreditam em uma vida e uma cidade melhor”, avalia.
 
Valdenes Augusto Jordão, presidente da Coordenadoria das Associações Orquidófilas do Brasil (CAOB), demonstrou ter grandes planos para as próximas edições da festa. “Vou me esforçar muito para fazer com que a festa de Várzea seja a única realizada nesta data e para torná-la uma exposição em competição internacional no Brasil”, disse.
 
Para Gerson Calore, proprietário do Biorchids, em Várzea Paulista, os resultados superaram as metas. “Hoje, não somos apenas reconhecidos no Brasil pela produção de orquídeas, mas em diversos países do mundo”, enfatiza
Os números da 6ª Orquivárzea
– 40 mil pessoas em três dias
– Venda de 1,8 mil vasos floridos
– Venda de 3 mil mudas
– 19 cidades participantes
– Três países estrangeiros na exposição