Atleta do Futuro: esporte para 1,5 mil alunos varzinos

Esporte e Lazer - Destaques

Projeto trabalha com modalidades esportivas e temas transversais

No último sábado (29), no Ginásio de Esportes Ayrton Senna, aconteceu o lançamento do Programa SESI – Atleta do Futuro (PAF), que tem como objetivo a promoção e o incentivo à prática de esportes e recreação a crianças e adolescentes. O projeto vai beneficiar 1,5 mil jovens na cidade, por meio de modalidades esportivas e temas transversais.

O projeto é um convênio entre a Prefeitura de Várzea Paulista, que disponibilizou professores e seis complexos esportivos para as aulas serem ministradas; o SESI (Serviço Social da Indústria), que irá coordenar e acompanhar a parte técnica do programa, além de oferecer materiais didáticos pedagógicos e uniformes; e a empresa Continental Teves, colaboradora de desenvolvimento de eventos esportivos e responsável pelo silk das logomarcas dos parceiros nos uniformes.

“O esporte é a melhor oportunidade que podemos oferecer às crianças e aos jovens, para que fiquem longe das drogas e possam desenvolver seus talentos. Assim como Doni e Grafite, que já jogaram em Várzea e estarão na Copa deste ano, não acho difícil que muitos de vocês alunos estejam na Copa de 2016”, incentivou o prefeito Eduardo Pereira.

Dois alunos, Diego e Teresa, acenderam a tocha, que simboliza a abertura oficial do PAF em uma cidade. Já Igor Oliveira leu o juramento dos Atletas do Futuro, acompanhado por seus colegas.

O secretário municipal de Educação, Cultura, Esportes e Lazer, Luciano Braz de Marques, cumprimentou os participantes e agradeceu a parceria entre a Prefeitura, através da secretaria de Esportes, o SESI e a Continental Teves. “Esse projeto é muito importante, pois é voltado para o Esporte e para o Lazer, portanto, contribui para o futuro da cidade e do País”, explicou. 

O diretor do CIESP (Centro das Indústrias do Estado de São Paulo) de Jundiaí e região, Vandemir Francisconi, declarou ser um orgulho para o SESI trazer o programa a Várzea Paulista e ressaltou a importância do mesmo para o desenvolvimento das crianças e dos adolescentes. Domingos Ruiz, gerente de Recursos Humanos da Continental Teves, também esteve presente e ressaltou que “o projeto vai privilegiar a comunidade da cidade”. “Estamos felizes em participar e contribuir para a realização dessa iniciativa”, concluiu.

Ao final do evento, houve um jogo de futebol de salão para comemorar o lançamento.

PAF

Em Várzea Paulista, são 1,5 mil jovens beneficiados com o projeto, com idades entre 6 e 17 anos. Futebol, basquetebol, futsal, handebol, voleibol e temas transversais – como ética, pluralidade cultural, meio ambiente, saúde – serão trabalhados em grupos divididos por faixas etárias diferentes.

Três ginásios e três campos foram disponibilizados para atender todas as regiões da cidade: Ginásios de Esportes Ayrton Senna, da Vila Popular e do Jardim Promeca, e os Campos do Jardim Cruz Alta, Jardim Paulista e da Prefeitura.

Os alunos irão trabalhar em equipe e aprender sobre disciplina, ética, respeito e liderança, de acordo com a metodologia do programa, que visa à inclusão social e cidadania, através da prática de esportes.

Os professores passaram por capacitação, oferecida pelo SESI, sobre as normas de avaliação, controle de presença e modalidades esportivas do programa.