Marcha dos Prefeitos: Eduardo representa Várzea em Brasília

Casa Civil - Destaques

Mais de 4 mil prefeitos se reuniram em Brasília, nos dias 18 a 20 de maio, para participar da Marcha dos Prefeitos, de  que desde o início do Governo Lula é uma das grandes prioridades da União no âmbito federativo. O prefeito Eduardo Pereira, como em todas as edições, esteve presente no evento representando Várzea Paulista, entre prefeitos de dezenas de outros partidos, que além de representarem seus municípios na marcha.
   
Organizada pela Confederação Nacional de Municípios (CNM), ela é o maior espaço de debates do Brasil para tratar das reivindicações das administrações municipais. Todos os anos, Lula recebe prefeitos de todos os cantos do país através da marcha. Ele estará amanhã com os prefeitos, participando do encerramento do evento.

Eduardo participa todos os anos do evento, desde que assumiu o cargo de prefeito em Várzea Paulista, em 2005. Ele considera que o Lula melhorou muito o relacionamento com os municípios em seu governo, aumentando o diálogo federativo. “Desde que o presidente Lula assumiu como presidente, nós, prefeitos, reconhecemos que o tratamento dado aos municípios melhorou muito. E não foi somente na relação do Governo Federal com o municipalismo que houve mudanças. Hoje, os municípios têm muito mais autonomia financeira”, explica.

Uma das principais conquistas dos últimos anos foi a consolidação do aumento de 1% na transferência do Imposto de Renda e do Imposto sobre Produtos Industrializados para o Fundo de Participação dos Municípios (FPM), trazendo fôlego às finanças municipais. Outro avanço foi a redução de até 40% do valor das contrapartidas de obras do Programa de Aceleração ao Crescimento (PAC), nas ações de saneamento ambiental e habitação.

Atividades

No dia 18 de maio, os prefeitos apresentaram a reivindicações dos municípios e dos projetos em tramitação no Congresso Nacional de interesse das Prefeituras. Na quarta (19), os pré-candidatos à Presidência da República que aparecem à frente nas pesquisas de intenção de voto, – Dilma Rousseff (PT), e Marina Silva (PV) e José Serra (PSDB)- participaram de um debate e responderam a perguntas formuladas pela Confederação Nacional dos Municípios.

Marcha Paulista

Seguindo os mesmos objetivos da Marcha dos Prefeitos a Brasília, foi organizada em novembro de 2009, a Marcha Paulista em Defesa dos Municípios Paulistas, para ampliar o diálogo com o governo estadual. O prefeito Eduardo foi um dos principais coordenadores do movimento, que reuniu 110 cidades e 11 partidos. Em pauta estavam despesas de responsabilidade do Estado que recaem sobre as Prefeituras, reduzindo sua capacidade de investimento. O  governador Serra não recebeu os prefeitos, que buscavam um estreitamento nas relações com o estado e um espaço para debater suas necessidades.

Durante a marcha em Brasília, houve o lançamento da Revista Cidades, que apresenta as realizações e conquistas do movimento dos prefeitos paulistas. “É uma forma de prestarmos contas àqueles que participaram do movimento e de mostrar aos prefeitos que não estavam presentes os nossos debates e avanços”, explica o prefeito varzino.