nome da pagina

Saúde em Foco envolve comunidade do Jardim Promeca e busca melhorias

Gestores da Saúde de Várzea Paulista levam várias informações aos munícipes locais e recolhe sugestões de melhorias

 

 

O projeto Saúde em Foco, que leva os principais gestores da Unidade Gestora de Saúde de Várzea Paulista às UBSs (Unidades Básicas de Saúde) da cidade, teve seu segundo encontro realizado na noite da última segunda-feira (22), na UBS Jardim Promeca. A gestora municipal de Saúde, Mônica Carvalho, e a gerente da Unidade do bairro, Nora Nei, forneceram aos representantes da comunidade local, do Conselho Municipal de Saúde e do Conselho Local do órgão informações sobre os serviços de saúde do município, em especial o funcionamento do espaço. “A ideia do projeto é justamente fazer a saúde em parceria com a população, de acordo com a realidade de cada UBS”, explicou Mônica, no início.

 

Após apresentar os vários serviços de saúde disponíveis na cidade, bem como os coordenadores responsáveis, Mônica fez questão de destacar que a Prefeitura tem feito todos os esforços para conseguir atender a demanda pelos serviços de saúde, cada vez maior.

 

Outro ponto importante colocado pela gestora municipal foi o relativo às faltas de pacientes a consultas médicas em UBS, nos primeiros quatro meses de 2017. Ao todo, houve 2021 faltas a atendimentos de clínicos gerais, 1217, a consultas com ginecologistas/obstetras e 925, a horários marcados com pediatras. “É preciso que os pacientes avisem a necessidade de falta às UBSs, com cerca de 48 horas de antecedência, se possível, para que isso não impacte o atendimento e aumente a fila de atendimento. Quando alguém não comparece à consulta, impede que outro paciente receba esse serviço e atrapalha o serviço de saúde”, alerta.

 

 

Bons resultados da UBS Jardim Promeca

 

A gerente da UBS anfitriã, Nora Nei, exerce a função há dois anos e destacou o trabalho que vem sendo feito para evitar a demanda reprimida, essa espera pelos serviços de saúde, por parte dos munícipes que recebem o atendimento do equipamento. O número de pessoas atendidas pelo órgão é de aproximadamente 14.500 (380 a 420 por dia), dentro da região do Jardim Promeca, com população estimada de 22 mil pessoas. “Muitas vezes, entramos em contato com os moradores até mesmo para perguntar por que não puderam comparecer às consultas. Fazemos questão de receber bem os munícipes, para verificar as questões apresentadas, possíveis reclamações, e o atendimento adequado aos casos mais urgentes”.

 

A UBS Jardim Promeca também tem recebido um trabalho de coleta de informações que permitem o atendimento familiar, por exemplo, e evitam fraudes de endereços e outros problemas. “Estamos fazendo um importante levantamento de dados, até mesmo para poder justificar o pedido de um novo médico, por exemplo, como fiz recentemente à administração da Unidade Gestora de Saúde”.

 

Nora também apresentou vários trabalhos realizados pela unidade, como o grupo de terapia comunitária, Tricotando Saúde, do qual muitas mulheres adoram participar, e o de obesidade infantil, que tem surtido um efeito interessante. A equipe da UBS também apresentou dados detalhados sobre os atendimentos realizados e houve um alerta sobre a necessidade de evitar as faltas, especificamente no equipamento. “Essa co-responsabilidade faz a diferença. Nossa obrigação é prestar o serviço, mas precisamos que a população faça sua parte e não deixe de nos avisar as necessidades de faltas, além de outras importantes sugestões.

 

 

 

Participação da população

 

Tatiane Bittencourt mora no bairro Chácaras São Guido há 30 anos e sempre utilizou os serviços prestados pela UBS Jardim Promeca. A munícipe elogia muito a iniciativa, assim como as reuniões do Conselho Local do órgão, por permitirem que os moradores opinem sobre os serviços ofertados. “Esta reunião do Saúde em Foco foi importante, até mesmo para tirar algumas dúvidas, inclusive com a gestora municipal de Saúde”.

 

A moradora elogia bastante o atendimento prestado atualmente. “Percebemos que há um acolhimento bem feito e a preocupação de tentar oferecer aquilo de que precisamos”.

 

 

Órgãos colegiados que auxiliam o poder público

 

A administradora da UBS também ressaltou a importância da participação de seus usuários na chapa do Conselho Local do equipamento, que deverá ter seis representantes da comunidade - três titulares e três suplentes – eleitos até o final deste mês, para o mandato relativo ao próximo biênio 2017-2019. Também foi divulgada a eleição do Conselho Municipal de Saúde, que será recomposto no próximo dia 31 de maio, às 14 horas, na Câmara Municipal.

 

As duas instituições são importantes por permitirem a formulação de políticas públicas, por parte do poder público e da população, além da fiscalização das ações governamentais, por parte de munícipes. “Muitas vezes, um representante do Conselho Local, por exemplo, recebe uma demanda de um morador e a traz a mim e, assim, posso tomar as medidas necessárias ou requisitar a presença desse usuário da UBS, para analisar com ele o que pode ser feito”, relata Nora.

 

 

Os interessados em se candidatar a qualquer um dos Conselhos podem comparecer à Unidade, de segunda a sexta-feira, das 7 às 16 horas. O endereço é Rua Dinamarca, 41.  

 

Mais informações sobre a eleição do Conselho Municipal de Saúde estão disponíveis no link

 

 

Conferência Municipal de Saúde

 

Mônica também deixou clara a importância da participação da população no evento, que discutirá os serviços existentes e as mudanças pretendidas, no mês que vem. A 6ª Conferência Municipal de Saúde de Várzea Paulista ocorre no dia 24 de junho, das 8 às 17 horas, em local a ser confirmado.

 

Conforme determinação do Ministério da Saúde, no encontro deste ano será definido o Plano Municipal de Saúde, com as diretrizes para o período entre 2018 e 2021, por ser o início de um novo mandato. Da Conferência, também sairão as metas para todo o ciclo de governo atual, entre 2017 e 2020.

 

 

Como proceder quando precisar faltar

 

As pessoas que, por algum motivo, souberem que não poderão comparecer às consultas em UBSs (Unidades Básicas de Saúde), devem informar a unidade na qual seriam atendidas, por telefone ou pessoalmente, também de segunda a sexta-feira, das 7h00 às 15h30. É importante avisar o órgão dessa desistência o quanto antes (dois ou três dias de antecedência), para que se verifique a possibilidade de troca com outro paciente e, assim, não seja necessário que o munícipe faltoso entre novamente na fila de espera.

 

Quando não há a possibilidade de troca de horário, é necessário comparecer novamente à UBS, para reagendar o atendimento, com a mesma documentação levada no agendamento anterior. O munícipe entra novamente na fila de espera, já que não ganha prioridade por não ter comparecido ao atendimento marcado.

 

 

Próximo encontro

 

No dia 5 de junho (segunda-feira), a UBS Jardim Alessandra sedia a reunião, a partir das 18 horas. O espaço está localizado na Rua Carioba, 299. O telefone para sanar dúvidas e ter mais informações é 4595-1542.