nome da pagina

Arborização

 
Neste início de ano, a Secretaria de Meio Ambiente tem feito várias intervenções de arborização e incentivo ao cultivo de plantas em Várzea Paulista. Plantios e criações de mudas objetivam tornar a cidade cada vez mais verde.
 
No último sábado (31), a secretaria de Meio Ambiente realizou o plantio de mudas em uma área que abrange o parque ecológico, no Jardim América II. O plantio teve participação da comunidade local, que se mostrou satisfeita com a ação.
 
Segundo o secretário de Meio Ambiente, João Lima, o apoio dos munícipes é muito importante. “Eles auxiliarão na manutenção durante os primeiros anos”, disse Lima. Entre as espécies plantadas no local estão: aroeira pimenteira, castanha do maranhão, quaresmeira, angico, cedro rosa, jambinho vermelho, ingá e paineira. Mais ações de plantio nos bairros serão programadas durante o ano. 
 
 
Replantio
 
Foi realizado também, na última segunda-feira (02), o remanejamento de duas palmeiras do tipo areca de locuba, localizadas no estacionamento do Hotel Orquídea, na Rua João Povoa.
 
As palmeiras estavam sobre as tubulações de rede elétrica, água e gás do hotel. A Secretaria de Meio Ambiente foi acionada por meio de solicitação do proprietário - pedido de supressão das plantas-.
 
Depois da análise do processo, considerando-se as boas práticas ambientais, a pasta optou pelo remanejamento delas. 
 
O trabalho foi concluído com sucesso e, agora, as palmeiras estão no canteiro central da Avenida Fernão Dias Paes Leme e serão monitoradas pela secretaria. Além do replantio, haverá a compensação ambiental prevista na Lei nº 2220/14. 
 
 
Produção Independente
 
O Viveiro de Mudas da Prefeitura de Várzea Paulista, localizado no Parque Ecológico Chico Mendes, já está produzindo suas próprias mudas.
 
O parque ecológico conta com um berçário para a germinação das sementes e um viveiro para armazenamento das mudas.
 
Elas serão utilizadas principalmente para reflorestamento, recuperação de áreas degradadas, cumprimento de TCRAS (Termo de Compromisso de Recuperação Ambiental) e arborização urbana, de forma que possam ser doadas aos munícipes, futuramente. 
 
Estão sendo produzidas as espécies: aroeira pimenteira, goiaba vermelha, goiaba branca, ipê roxo bola, lofantera, ipê amarelo, ipê amarelo de jardim, ipê rosa bálsamo, ingá, castanha do maranhão e palmito juçara.
 
O projeto para este ano é ampliar a capacidade de produção de espécies nativas para a arborização urbana.