nome da pagina

Prefeito Juvenal Rossi faz “maratona” por recursos junto ao Governo Federal

Prefeito e outros gestores municipais realizam reuniões em Brasília com representantes dos Ministérios do Turismo e das Cidades, para agilizar vinda de repasses federais



O prefeito Juvenal Rossi participou de uma verdadeira maratona em Brasília, entre terça (21) e quinta-feira (24), em vários departamentos e também na Câmara dos Deputados.

 

O gestor levou outros representantes de sua administração, para apresentar obras já realizadas com verbas federais, solicitar novas emendas parlamentares, pleitear novos recursos e pedir maior agilidade nos repasses vindos da União.

 

O prefeito Juvenal Rossi tem buscado sempre dialogar com o Governo Federal para buscar agilidade nas obras. “Nosso trabalho aqui em Brasília é sempre muito reconhecido, tudo pela maneira transparente e séria que trabalhamos. Isso abre portas para nosso município”.


Aportes para obras estruturais


O prefeito de Várzea Paulista, Juvenal Rossi, junto do secretário de Infraestrutura Urbana, Renato Germano, e do supervisor de Gestão de Convênios, Felipe Villela, realizou duas importantes visitas a representantes do Governo Federal, na última terça-feira (22).

 

Nas sedes dos Ministérios do Turismo e das Cidades, em Brasília, os gestores municipais apresentaram obras já realizadas que fazem parte de convênios federais e discutiram alternativas para a agilização de repasses federais e novos aportes financeiros.


Na parte da manhã, os administradores se encontraram com o chefe de gabinete do Ministério do Turismo, Edson Tibério, na sede da pasta. Na pauta, estiveram o andamento das obras da Ciclovia e Pista de Caminhada do Mursa (Fase 1 – sentido orquidário-Centro) e do Parque Chico Mendes (Fase 3).

 

Os atrasos dos repasses federais estão impedindo o andamento dos trabalhos, como explica o secretário Renato Germano. “É um problema que o Governo Federal vem enfrentando, mas Tibério nos disse que seu departamento vai se esforçar para nos atender o quanto antes. É importante esclarecer também que a pasta depende da vinda de recursos de outros setores, como o Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão”, relata.


Na segunda parte do dia, à tarde, foi a vez dos representantes do executivo municipal comparecerem à sede do Ministério das Cidades e dialogarem com a secretária nacional de Habitação, Henriqueta Arantes.

 

De acordo com Germano, foi apresentado o andamento das obras de reurbanização da Vila Real (primeira etapa da Fase 1), com o Centro Comunitário praticamente pronto, além da licitação, em andamento, dos vários trabalhos da segunda etapa dessa fase, como a pavimentação de 36 ruas e a construção de muros de arrimo.


Para a Fase 2, os gestores varzinos requisitaram a agilização da liberação dos recursos do programa Minha Casa, Minha Vida, necessários à construção de 292 apartamentos populares, no bairro Cidade Nova II. “Para que façamos a canalização do Córrego Ilhabela e a construção de um parque linear na via, que fazem parte dessa fase, será necessário que as famílias que residem lá sejam contempladas com as habitações, para lá morarem e assim podermos realizar as obras necessárias”, explica Germano.

 


Outra importante questão abordada na segunda reunião foi a possibilidade de reestruturação financeira das obras do Córrego Bertioga. Além da resolução do problema de atraso de repasses federais, que algumas vezes acabam por postergar o andamento dos trabalhos, os administradores discutiram uma readequação financeira da obra.

 

O secretário explica que o planejamento dos trabalhos é anterior à atual gestão municipal e, em razão da inflação seria necessário aumentar o valor do contrato em aproximadamente R$ 5 milhões. “Uma das possibilidades discutidas foi a de deixarmos todos os recursos já contemplados pelo atual contrato - R$ 12.852.660,14 - para os serviços ao longo das encostas do córrego, já que esse é o valor atualizado apenas para essa parte das intervenções.

 

Assim, isolaríamos a última etapa – reservatório próximo ao Sítio dos Padres, no Jardim Bertioga -, por meio de um novo contrato. O novo convênio necessário seria exatamente no valor que precisaria ser acrescentado em razão do aumento dos preços”, finaliza.

Busca de recursos


Entre quarta (23) e quinta-feira (24), o prefeito protocolou mais de 120 ofícios com pedidos de emendas parlamentares, para todas as áreas de atuação da Prefeitura.

 

Os deputados federais Miguel Haddad (PSDB) e Renata Abreu (PTN), por exemplo, receberam os gestores varzinos, com dois pedidos de R$ 500 mil para cada um dos parlamentares. Segundo Villela, todos os congressistas estão com as solicitações em mãos, para possivelmente colocá-las em seu orçamento. “Há muitos fatores que determinam se as verbas serão disponibilizadas ou não, mas nosso esforço visa obter recursos para todas as pastas da Prefeitura”, explica.

 

Segundo dia

 

Na quarta-feira, também houve uma reunião muito importante, na sede do FNDE - Fundo Nacional da Educação, com o diretor do órgão, Leandro Damy. Os gestores solicitaram a liberação das verbas necessárias para a continuidade da construção da creche do Proinfância, no Jardim Itália. O gestor federal se prontificou a buscar a agilização necessária.