nome da pagina

Prefeitura realiza repasse geral de vacinação antirrábica

Ação será realizada no dia 23 de setembro (sábado), com pontos de imunização por toda a cidade

 

No dia 23 de setembro, a Prefeitura de Várzea Paulista realiza a última fase da Campanha de Vacinação contra Raiva em cães e gatos 2017. Será realizado um repasse geral pelo município, com diversos pontos de imunização distribuídos pela cidade. 

 

O intuito é que os responsáveis pelos animais possam levá-los para se proteger contra a doença. “Quem não participou da primeira fase, deve aproveitar essa oportunidade para proteger os animais contra a raiva”, alerta o coordenador do setor de Controle de Zoonoses, Eder Carmanini. 

 

O setor de Zoonoses também informa que os pontos de vacinação da região Vila Real e Jardim Paulista serão refeitos, devido à forte chuva que acorreu no do dia 19 de agosto. “Houve um grande prejuízo no serviço prestado à população daquela área, portanto a região será refeita”, explica o coordenador. 

 

No município, já foram imunizados contra raiva 10.593 animais, destes 8583 são cachorros e 2010 são gatos.

 

 

Ponto fixo de vacinação

 

Quem não puder levar os animais para serem protegidos contra a raiva nos pontos fixos de vacinação no sábado, poderão fazer a imunização no setor de Controle de Zoonoses. O serviço será disponibilizado até 31 de outubro, de segunda a sexta-feira, das 09 às 12h e das 13 às 16 horas - sem agendamento prévio. O setor de Controle de Zoonoses está localizado na Avenida Vitorio Spinucci, 303 – Jardim Promeca.

 

 

Relação de pontos de vacinação contra raiva 2017

 

1-Unidade Básica de Saúde Jardim Buriti 08:30 às 11:30 13:30 às 16:30
2-Unidade Básica de Saúde Vila Santa Terezinha
3-Unidade Básica de Saúde Vila Marajó
4-Unidade Básica de Saúde Vila Popular
5-Unidade Básica de Saúde Jardim Bertioga
6-Unidade Básica de Saúde Jardim Alessandra
7-Unidade Básica de Saúde Jardim Cruz Alta
8-Unidade Básica de Saúde Jardim Promeca
9-Unidade Básica de Saúde América 4
10-Unidade Básica de Saúde América 3
11-Unidade Básica de Saúde Cidade Nova 2
12-Unidade Básica de Saúde Jardim Paulista
13-Unidade Básica de Saúde Vila Real
14-Praça da Feira Posto da Guarda - Vila Popular
15-Av. Paraibuna em frente ao mercado Sempre Mais América 1
16-Escola Armando Dias - Vila Real
17-Rua Capivari com Rua Bela Vista 8h30 às 11h30
18-Terra Roxa esquina com Rua Sananduva 13h30 às 16h
19-Rua das Flores esquina com Rua Vera Cruz 8h30 às 11h30
20-Sumaré esquina com Rua Borda da Mata 13h30 às 16h
21-Tupi Paulista esquina com Av. Pacaembu 8h30 às 11h30
22-Alto da Boa Vista esquina com Rua Goiânia 13h30 às 16h
23-Cananéia esquina com Rua Iguape Praça 8h30 às 11h30
24-Vergueiro esquina com São José do Rio Pardo 13h30 às 16h
25-Rua Jundiaí esquina com Rua Itu 8h30 às 11h30
26-São José do Rio Pardo com Rua Santana do Parnaíba 13h30 às 16h

Várzea Paulista recebe a Orquestra de Metais de Campo Limpo, dia 28 de setembro

Apresentação do renomado e premiado grupo será uma das atrações principais do 3º Festival de Cultura e Arte

 

Clarinetes, trompetes, flautas e muito som. O público do 3º Festival de Cultura e Arte, em Várzea Paulista, será presenteado com a apresentação da Orquestra de Metais de Campo Limpo Paulista, no dia 28 de setembro, a partir das 19h30. O concerto do renomado e premiado conjunto, no Espaço Cidadania, será uma das principais apresentações do evento e levará seu estilo musical aos presentes.

 

 

A orquestra do Município de Campo Limpo tem todos os instrumentos de metais de uma sinfônica e é completa nesse sentido. São 40 integrantes campolimpenses, de várias idades.

 

 

Mais informações sobre as apresentações recentes dos músicos estão disponíveis em sua página oficial do Facebook.  

 

O Espaço Cidadania fica na Avenida Ipiranga, 151 – Centro – Várzea Paulista.

 

Encontro de diferentes linguagens

 

 

De 28 a 30 de setembro o 3º Festival de Cultura e Arte permitirá que vários agentes da cultura de Várzea Paulista e região sejam prestigiados pelo público. Artistas, professores, grupos, escolas e público em geral, atuantes na arte e na cultura, poderão se apresentar com música, teatro e dança.

 

O dia 28 será dedicado à música; o segundo dia (29), ao teatro; e o terceiro, à dança. O início das apresentações será sempre às 19h30, no Espaço Cidadania.

 

 

Mais informações sobre as inscrições estão disponíveis no link.

Jovens varzinas ainda podem se inscrever para o concurso de Rainha da 12ª Orquivárzea

Garotas devem ter entre 16 e 26 anos e morar na cidade. Primeiro ensaio será neste domingo, às 10 horas, na Praça CEU.

 

Neste domingo, dia 03 de setembro, acontece o primeiro ensaio para o concurso de Rainha da 12ª Orquivárzea. O encontro será realizado às 10 horas, na Praça CEU. As garotas que ainda não se inscreveram, poderão fazer seu cadastro.

 

Para participar, as meninas devem residir em Várzea Paulista e ter entre 16 e 26 anos de idade. As maiores de idade deverão levar RG, CPF e comprovante de residência (cópias e originais); as menores deverão estar acompanhadas de seus responsáveis legais, com a mesma documentação.

A Praça CEU fica na Rua João Póvoa, s/n, Jardim do Lar.

 

 

Rainha e princesas

 

Em 29 de setembro, será feita a eleição da rainha e das princesas, às 19 horas, no espaço LED´s Festas e Eventos. Após a última etapa do concurso, a corte passará a fazer a divulgação do evento, a ser realizado em outubro, junto do prefeito Juvenal Rossi, nas cidades da região.

 

 

Inovação sem custos públicos

 

A 12ª Orquivárzea é o primeiro evento a contar com uma rainha e duas princesas eleitas, entre candidatas varzinas. “Trata-se de uma valorização das nossas mulheres, que aumentará sua autoestima. Poderemos oferecer uma recepção muito legal ao público da festa”, explica a coordenadora da seleção, Zana Oliveira.

 

A coordenadora também é representante do concurso Miss Brasil Be Emotion na região desde 2012, quando passou a organizar o concurso Miss Várzea Paulista da franquia, a Prefeitura está realizando um trabalho para conseguir viabilizar o concurso da corte da Orquivárzea, sem onerar os cofres municipais. “Estamos buscando parcerias, para possibilitar essa iniciativa sem utilizar recursos públicos”, relata.

A força das mulheres: varzinas dão aula de cidadania e amor à cidade

Ana Lúcia e Maria Lima atualmente cultivam mais de 100 mudas em um terreno público. A ideia das mulheres é estimular mais pessoas a preservarem o meio ambiente; disposição é a palavra de ordem no canteiro montado do Jardim Satélite

 

O relógio marcava quase meio-dia, na terça-feira, 29 de agosto. O sol brilhava forte sem nenhuma nuvem no céu, em um dia quente de temperaturas altas em Várzea Paulista. Uma cena chamava a atenção: o entusiasmo de duas mulheres que capinam um terreno íngreme em meio ao forte calor.

 

O terreno em que elas atuavam próximo ao centro da cidade (ao lado do escadão da Rua Júpiter, no Jardim Satélite, com a Rua João Netto) reserva uma dose de esperança. Cercado por paletes de plásticos, brota ali, em um cantinho escondido, um grande exemplo de cidadania.

 

As boas vindas

 

 

 

Em um pedaço de madeira, uma placa improvisada. A frase simples dispensa correções ortográficas; o recado, de coração, verdadeiro e muito importante, alerta sobre a necessidade de preservar o meio ambiente para as gerações vindouras.

 

A cama que virou porteira: para conhecer o local, é necessário cruzar um pequeno portão de madeira. Restos de uma cama adaptada e improvisada se tornaram a porta de entrada.  Se antes era preciso cuidado para se desviar de entulhos dispensados irregularmente, o cenário atual é bem diferente. A atenção agora está voltada para não errar o passo e pisar em uma das mais de 100 mudas do novo local.

 

Assim que “driblamos” os canteiros de salsinhas, coentro, batata doce, alface roxa, encontramos uma das responsáveis pela mudança radical do local. Ana Lúcia Lourenço Santos, aos 55 anos de idade, carrega uma enxada pesada (2 kg) e faz a limpeza do terreno, mesmo sob o sol do meio-dia.

 

 

A conversa de início foi bem tímida. Do diálogo nasceu a confiança e era fácil notar em seus olhos o olhar de esperança: uma senhora de fala serena que carrega ensinamentos, mãe de três filhos e avó de cinco netos. A varzina de coração, moradora da cidade há 33 anos, boa parte deles no Jardim Satélite, cozinheira, não encontra obstáculos para dividir sua rotina da vida doméstica, do trabalho em um restaurante com o serviço de cidadã. Todos os dias, faça chuva ou sol, antes de ir à cozinha onde trabalha, faz questão de cuidar das plantações que fez em um terreno público em frente à sua residência. “Aqui antes era um depósito de lixo. Todo dia eu me deparava com alguém jogando entulhos. A Prefeitura limpava e, em menos de um dia, estava tudo sujo novamente. Eu não aceitava mais isso. Foi quando me juntei com a minha cunhada e decidimos manter o local limpo. Faz bem pra gente e para o bairro”.

 

Legado para as próximas gerações

 

 

Com uma disposição de dar inveja a qualquer um, a moradora revela que os frutos colhidos vão bem além e fazem bem para a alma. “Estar aqui me faz pensar não só em mim, e sim em todos moradores dessa cidade. Quando cultivamos o bem, colhemos o bem. Temos que cuidar com amor do nosso município, pois é a extensão de nossa casa”, completou a Ana Lúcia.

 

 

A tarefa pesada é dividida diariamente com a cunhada, Maria Lima Santos Conceição, que topou o desafio. Entre as mudas plantadas, uma lista extensa: banana nanica, maçã, roça de milho, mamão, batata, graviola, repolho, alface, manga, tomate já em fase de produção e até um pé de cacau.

 

O suor que escorre pelo rosto são os pequenos sinais de que a batalha não é simples. A viseira é o único acessório para se proteger do sol. Mesmo assim, dona Maria de Lima não esconde a satisfação de ver o local totalmente transformado. “Eu antes via de tudo aqui, inclusive ratos, escorpiões. Muitas pessoas não têm consciência coletiva, simplesmente jogam o lixo e não se importam com as consequências. Isso tem que mudar”, destacou a moradora, que foi colhendo algumas folhas de manjericão para preparar o tempero do almoço, enquanto revelou sua maior motivação para continuar a cuidar da cidade. “Mexer na terra é algo valioso. Não vejo a hora passar e me faz bem estar aqui. É uma terapia e também quero passar essa lição de cuidar de nosso meio ambiente para meus quatro filhos, além da minha neta”.

Campanha de vacinação contra raiva chega ao Mursa

Neste sábado (02), a campanha de vacinação contra raiva em cães e gatos em Várzea Paulista chega ao bairro do Mursa

 

Neste sábado (02), a Campanha de Vacinação contra Raiva será realizada na Região Rural, contemplando o bairro do Mursa. A vacinação será realizada em postos volantes, das 8h30 às 11h30 e das 13h30 às 16 horas.

 

Podem tomar a vacina cães e gatos a partir dos três meses de idade. Fêmeas prenhas devem ser avaliadas pelo profissional de saúde, já que é necessário medir o risco da vacinação devido o estresse gerado ao animal. Para facilitar a imunização é importante que os cães sejam contidos com coleiras e guias, e os mais agressivos e maiores, com focinheiras.

 

Já os gatos devem ser levados em caixas para transporte ou enrolado em cobertores, para evitar que fujam ou arranhem. É importante levar a carteira de vacinação do animal e que o transporte seja feito por adultos. 

 

Vacinação em domicílio

 

 

Desde 24 de julho, o setor de Controle de Zoonoses realiza o agendamento para a vacinação em domicílio. Tem direito ao serviço, proprietário ou responsável pelo animal que tenha mais de 60 anos, pessoas com deficiência ou imóvel com mais de cinco animais. Os interessados devem entrar em contato com o telefone 4595-8776, para fazer o cadastro prévio.

 

Ponto fixo de vacinação

 

 

Quem não puder levar os animais para serem protegidos contra a raiva nos pontos fixos de vacinação aos sábados, poderão fazer a imunização no setor de Controle de Zoonoses. O serviço será disponibilizado até 31 de outubro, de segunda a sexta-feira, das 09 às 12h e das 13 às 16 horas - sem agendamento prévio. O setor de Controle de Zoonoses está localizado na Avenida Vitorio Spinucci, 303 – Jardim Promeca.

 

Cronograma da vacinação antirrábica em Várzea Paulista:

02/09 – Mursa;

23/09 – Repasse geral no município.

Sub-categorias