nome da pagina

Obras de travessia e piscinão do Córrego Bertioga avançam

Escavação sob Avenidas Bertioga e Fernão Dias continua e aduelas começam a ser instaladas; reservatório está sendo escavado e recebendo gabiões

 

As obras de macrodrenagem no Córrego Bertioga possuem duas frentes de trabalho em bom ritmo neste momento, gerenciadas pela Prefeitura de Várzea Paulista. Sob as Avenidas Fernão Dias Paes Leme e Bertioga, uma equipe prossegue, inclusive à noite, com a escavação necessária à instalação das aduelas (canais de concreto, para escoamento), que começaram a ser colocadas na tarde desta sexta-feira (6). O piscinão (reservatório), próximo ao antigo Sítio dos Padres, também está sendo escavado e já estão sendo colocados os gabiões (pedras para a estabilização), nos taludes. Os trabalhos fazem parte do amplo pacote de intervenções com o intuito de acabar com os alagamentos do córrego.

 

 

Serviço no Centro

 

A execução da travessia sob a Avenida Fernão Dias Paes Leme está em um momento que exige muito cuidado. Os agentes estão fazendo retirando terra abaixo das interferências existentes no local — instalações da Sabesp, CPFL e Vivo — que estão escoradas. Quando a escavação é muito próxima a essas estruturas, é preciso fazer o serviço de maneira manual, para evitar acidentes. As ações estão se estendendo até o período noturno, para concluir a travessia o mais rápido possível.

 

 

 

As aduelas começaram a ser colocadas no trecho escavado, na tarde desta sexta-feira (6) e há outras enfileiradas, para a colocação no mesmo local, assim que possível. A tubulação existente será substituída, ao final do serviço, por três linhas de aduelas, que serão 216, no total. O comprimento de cada linha será de 72 metros lineares.

 

 

Apesar do aumento da capacidade de escoamento em 85%, após a colocação das três linhas, os munícipes que residem perto da empresa têxtil do Jardim Primavera não precisam ficar preocupados. Duas linhas serão bloqueadas, para que as obras não provoquem nenhum tipo de alagamento nas propriedades próximas à indústria, e só serão desbloqueadas quando o túnel sob a linha férrea, obra que a Prefeitura busca viabilizar, for construído. Dessa forma, os trabalhos atuais sob as avenidas não provocarão nenhum tipo de alagamento nos bairros Jardim Primavera e Jardim do Lar.

 

 

 

Piscinão em construção

 

A construção do reservatório perto do início do Córrego Bertioga (próximo ao antigo Sítio dos Padres), no Jardim Bertioga, também está avançando bastante. A construtora licitada, além da escavação, já está colocando os gabiões, que compõem uma estrutura para estabilizar encostas, nos taludes (espécies de rampas de terra, feitas com o mesmo intuito de dar estabilidade ao solo). Assim que possível, também começará a execução da estrutura de estabilização das bases dos taludes, para impedir que eles se desloquem, em decorrência de chuvas.

 

 

A obra, complexa e com várias etapas, resultará em um espaço muito importante para represar um volume considerável de águas de chuvas.

 

 

Interdição

 

Segundo o gestor municipal de Obras e Urbanismo, Josué Santana, por segurança, foi necessário interditar um trecho de aproximadamente 60 metros da Avenida Costa e Silva, que dá acesso à Avenida Fernão Dias Paes Leme. A cavidade aberta para as escavações já é consideravelmente grande e por isso foi preciso impedir o fluxo de veículos nessa parte da via, por tempo indeterminado, até que o tráfego volte a ser seguro.

 

Quem usava o trecho, agora interditado, para acessar a Avenida Fernão Dias Paes Leme, precisa entrar na Avenida Dr. João de Guglielmo, próxima à Praça da Bíblia). Ao final dela, é preciso virar à esquerda, na Avenida Brasil (Vila Santa Terezinha), e acessar a rotatória próxima ao Ginásio Ayrton Senna da Silva, já na Avenida Fernão Dias.

 

Motoristas de carros leves que quiserem usar os serviços do comércio da Avenida Fernão Dias, no sentido Jundiaí, entre o McDonald´s e o ponto em frente ao Ginásio Ayrton Senna, terão um novo desvio liberado nesta sexta-feira (6). Depois de acessar a rotatória, os condutores poderão prosseguir na Avenida Fernão Dias, sentido Campo Limpo Paulista, e realizar a conversão para o outro sentido da via, logo após o McDonald´s. Carros grandes como caminhões e ônibus não podem fazer essa conversão por não haver espaço suficiente.

 

Todos esses desvios necessários estão devidamente sinalizados para os condutores.