nome da pagina

Prefeitura apresenta à população obra de reforma da USF Vila Real

Moradores tiraram todas as dúvidas sobre o serviço que será executado e as mudanças no atendimento

 

Na última quarta-feira (08), a Prefeitura de Várzea Paulista realizou uma reunião com a população para apresentar as obras de reforma e ampliação da USF Vila Real. O encontro contou com a presença do prefeito municipal e dos gestores de Saúde, Obras e Inovação e Planejamento.

 

A USF da Vila Real foi inaugurada em agosto de 2007 e após 12 anos, passará por uma reforma completa, que terá início nas próximas semanas. Para isso, será investido R$ 342.216,62, provenientes de uma emenda do deputado federal Miguel Haddad. A ampliação do prédio também está programa e aguarda liberação da verba.

 

Entre as melhorias que serão realizadas estão a troca do reboco danificado e a impermeabilização da área, substituição de itens danificados, como louças, metais, divisórias, luminárias, lâmpadas, cobertura, esquadrias, gradil externo e alambrados. Toda parte elétrica e hidráulica será revisada e novos pontos de energia serão instalados.

 

 

 

Os banheiros serão adaptados para garantir a acessibilidade dos pacientes. E o piso será todo polido e resinado. A Unidade de Saúde da Família também receberá sistema de para-raio, pontos de lógica e telefonia. Além de sistema de segurança e informática. A previsão é que o trabalho seja concluído em seis meses.

 

Já com a ampliação, a USF ganhará uma nova área de 83m², que contempla uma sala multiuso e dois consultórios médicos. Também haverá espaço para estacionar uma ambulância e acessibilidade na área externa.

 

 

Diálogo com a população

 

Durante o encontro a população pode tirar todas as suas dúvidas sobre a reforma e outras questões relacionadas ao bairro diretamente com os gestores e o prefeito. Juvenal dividiu com a população conquistas recentes do município, como o equilíbrio fiscal e explicou como está o processo de regularização da Vila Real. “Acredito que até o final de 2020 os títulos de posse de cada um de vocês será entregue”, afirmou. Além disso, o prefeito destacou a importância da obra da USF e que pretende estender o atendimento médico no local, após toda a reforma e ampliação, até às 21 horas. “Sabemos que temos que oferecer mais, aqueles que mais precisam. Sabemos das necessidades do bairro e ampliar o horário de atendimento da USF é uma de nossas prioridades”, ressaltou.

 

 

A gestora de saúde, Mônica Carvalho, explicou aos moradores como ficarão as consultas e retiradas de medicamentos durante o período de reforma. “O atendimento médico será na UBS o Jardim América IV”. Já a farmácia, que primeiramente seria destinada a UBS do Cidade Nova 2, após a conversa com a população mudou de local e passará a ser no Centro Comunitário. “Estamos de portas abertas para conversar com a população e os servidores públicos. Todos os serviços da USF serão transferidos apenas durante o período de reforma, depois tudo volta para o prédio da Vila Real. Só queremos oferecer melhores condições de trabalho e de atendimento a todos”, destacou a gestora.

 

 

Josué Santana, gestor de Obras, fez uma apresentação mostrando ponto a ponto do trabalho que será realizado durante a reforma e a futura ampliação. “Hoje a reforma da USF é uma grande necessidade. Vamos fazer essa grande reforma no prédio e também melhorar alguns pontos, como a questão da informatização e da segurança”.

 

 

 

O gestor de Planejamento e Inovação David Alexandre, relembrou as obras realizadas em outras UBSs, como a Cidade Nova 2, Bertioga e Cruz Alta, e ressaltou o trabalho de reforma que está sendo feito na UBS Vila Popular. “Nosso projeto é reformar todas as Unidades Básicas de Saúde do município e oferecer um serviço cada vez melhor a cada um de vocês”, concluiu.

 

 

 

Amplo atendimento

 

A USF da Vila Real acolhe diariamente em média 500 pessoas, para atendimentos médicos, procedimentos, retirada de medicamentos, entre outros. A equipe da Unidade também é numerosa, contando com 3 clínicos gerais, um pediatra, uma ginecologista, dois dentistas, um auxiliar de dentista, uma assistente social, uma psicóloga, duas estagiárias de psicologia, seis técnicos de enfermagem, dois enfermeiros, um auxiliar de farmácia e 10 agentes comunitários.

 

De acordo com a gerente da USF, Nalda Martins, a reforma trará benefícios para as quase 25 mil pessoas que utilizam o serviço, mas também para a ampla equipe. “Todos estão com uma grande expectativa. Muitos servidores moram no bairro e sentem muito orgulho dessa conquista que será de todos”, afirma.

 

 

 

A moradora da Vila Real há 29 anos, Maria Rosiclei de Lima, mais conhecida como Maninha, destacou que a reforma é um pedido antigo da população. “As pessoas estão felizes com a melhoria, mas também estaremos atentos para que tudo seja feito dentro do prazo”, diz.

 

Maria do Socorro, que mora no bairro há 33 anos, lembra que quando chegou ao bairro eram apenas sete barracos. “Vi muitas mudanças nestes anos e sei o quanto todos nós precisamos desse serviço de saúde. A mudança no atendimento não agrada a todos, mas sabemos que é por um tempo certo e para melhorar a para todos”, conta.

 

 

 

 

Trâmites burocráticos

 

Uma dúvida levantada pelos moradores do bairro é o prazo entre a instalação da placa e o início da reforma em si. A instalação da placa com data de início e fim da obra é um trâmite burocrático obrigatório para que a verba seja liberada. Somente após a instalação da placa, com todas as informações é que representantes da Caixa Econômica Federal fazem uma fiscalização e liberam o recurso para a empreiteira que realizará o serviço. Com o início dos trabalhos, o prazo de entrega é recalculado e pode ser prorrogado.

 

 

Serviço

 

A Unidade de Saúde da Família da Vila Real está localizada na Rua Montes Claros, 30. A reunião sobre a reforma será realizada na quarta-feira (08), às 15 horas e é aberta a toda população.

 

O atendimento médico será transferido para a UBS do Jardim América IV – Rua Itaipava, nº 200.