nome da pagina

Projeto Bunekas realiza oficina em Várzea Paulista

Com a presença de mais de 40 pessoas, foi realizada, no sábado(27), a oficina do Projeto Bunekas, no Cemeb (Centro Municipal de Educação Básica) Paulo Freire, no bairro Jardim Santa Lúcia.

 

 

O objetivo da oficina foi ensinar as técnicas de costura utilizadas para a confecção das bonecas que são a essência do projeto idealizado pela psicóloga Michelli Bordinhon.

 

“Esse projeto existe há cerca de um ano e meio e surgiu com a proposta de elevar a autoestima das crianças do continente africano, onde mais de 90% das meninas sofrem algum tipo de abuso sexual e são compelidas a rejeitar sua cor de pele, seus cabelos e suas origens, levando-as a cometer loucuras para mudar isso”, disse. “Com as bonecas, feitas para refletir a beleza natural dessas meninas africanas, nós buscamos leva-las a ter orgulho de si mesmas. A questão dos abusos que elas sofrem é tratada com a inclusão de calcinhas nas bonecas, deixando uma mensagem de autopreservação”, completou.

 

 

 

Projeto “Crianças como nós”

 

A escola Paulo Freire, na região da Vila Promeca, realiza um importante projeto que visa a ensinar aos alunos a importância da solidariedade e da empatia como parte da formação do caráter. “Nós já temos esse projeto – Crianças como nós - que ensina às crianças como fazer o bem é fundamental para a construção de um mundo melhor e esse outro, das bonecas, tem tudo a ver com os objetivos buscados pela escola. Nós já confeccionamos algumas bonecas que seriam encaminhadas a crianças refugiadas, mas, como não foi possível, a oportunidade aberta por essa oficina caiu como uma luva”, disse Regiane Silva, diretora da unidade escolar.

 

 

A primeira-dama do município, Ângela Rossi, participou da oficina e enalteceu a relevância desse tipo de projeto para a formação da nossa sociedade. “Quero parabenizar as idealizadoras do projeto pela bela iniciativa e ressaltar a importância também do trabalho realizado pela equipe pedagógica da Cemeb Paulo Freire, não só por trazer essa oficina aqui para Várzea Paulista, como pelo projeto ‘Crianças como nós’ que ajuda a melhorar a vida dos alunos e despertar o espírito de solidariedade”, declarou. “ Nós vamos buscar parceiros para ajudar nesses projetos, através do Fundo Social e da sociedade civil de nossa cidade”, complementou.

 

 

Mais de 4 mil bonecas entregues

 

O Projeto Bunekas já entregou mais de 4 mil bonecas nas regiões mais carentes do continente africano e hoje possui 25 grupos de colaboradores espalhados pelo país formados por oficinas como essa realizada em Várzea Paulista.

 

 

 

Além das bonecas, as doações às crianças africanas incluem um vestido, igual ao da boneca, e uma calcinha. Aos meninos são entregues uma bola e um calção (short).