nome da pagina

Orquídeas são as rainhas da festa na 13ª Orquivárzea

Evento familiar reuniu centenas de pessoas nos três dias de festa

 

A edição 2018 da Orquivárzea, que aconteceu de 19 a 21 de outubro, reuniu centenas pessoas. Com mais de 300 flores expostas e três mil plantas a venda, as orquídeas se consagram as grandes rainhas da 13ª Orquivárzea.

 

O prefeito Juvenal Rossi, destacou sua grande alegria em participar de mais uma edição da Orquivárzea. “É um prazer estar aqui e ver a orquídea como estrela da festa. Parabéns a todos os orquidófilos por cultivarem essas verdadeiras joias da natureza”, disse. O prefeito falou sobre o plantio de orquídeas que estão acontecendo na cidade. “As palmeiras que foram plantadas em Várzea Paulista estão recebendo mudas de orquídeas. Nossa expectativa é que daqui alguns anos, nosso município seja realmente a cidade das orquídeas”, afirma.

 

 

O presidente das Associações de Orquidófilos de Várzea Paulista, Artur Calori, agradeceu a participação das associações que participaram da exposição. “Somos muito gratos aos oito municípios que trouxeram suas orquídeas para ao nosso evento. Espero que tenhamos oferecido uma boa acolhida, e pretendemos, em breve, retribuir essa parceria”.

 

Este ano, a Orquivárzea foi organizada pela Unidade Gestora Executiva de Cultura, sobre a responsabilidade do gestor Jota Moreira. “Estou muito satisfeito de ter alcançado a proposta solicitada: de organizar uma festa intimista e acolhedora”, relata. “Recebemos muitas críticas construtivas e sugestões para melhorar cada vez mais a festa. Eu e toda a equipe estamos muito satisfeitos e já pensando na próxima edição”, afirma.

 

O gestor ficou muito satisfeito com a participação de pessoas de todas as idades. “A Orquivárzea teve a presença de famílias, grupos de amigos, de crianças a idosos”, comentou. Além disso, Jota destaca que nenhum incidente de segurança foi registrado nos três dias de festa. “Contamos com o apoio da Polícia Militar, GCM e de seguranças profissionais, que garantiram a segurança dos visitantes e proporcionaram um evento tranquilo para todos”, conclui.

 

 

Premiação

 

Como acontece todos os anos, a Coordenadoria das Associações Orquidófilas do Brasil (CAOB), fez a eleição das melhores orquídeas, mas categorias Espécie, Hibrida, Micro, Exótica e Botânica. Se destacaram produtores das cidades de Salto, Piracicaba, Campinas e Várzea Paulista, que recebeu duas premiações.

 

O troféu transitório Sinezio Calore, para a flor eleita como mais bonita da festa foi para a cidade de Salto, que recebeu votos unanimes da CAOB, Associação de Orquidófilos de Várzea Paulista e representantes da Prefeitura.

 

 

Para Cirineu Alves de Lima, representante da Associação de Orquidófilos de Salto, a conquista é muito gratificante. “Quase que essa orquídea não vem para a exposição, já que ela é muito grande e precisa de cuidados para o transporte, mas demos um jeito e aqui estamos com essa bela recompensa”, relata.

 

 

Shows e Praça de Alimentação

 

As apresentações musicais prestigiaram artistas locais e valorizou os ritmos preferidos dos brasileiros: sertanejo, samba e rock´n´roll. O intuito foi proporcionar ao público uma viagem no tempo, começando pelos clássicos mais antigos às musicas mais pedidas atualmente.

 

 

Já a praça de alimentação da Orquivárzea contou com barracas de seis entidades sociais de Várzea Paulista. Apae, Sítio Agar, Rotary Club, Fundo Social de Solidariedade, SOS Cristão e a ONG Eco &Vida, que venderam alimentos e bebidas a preço de mercado. Toda a verba arrecadada será usada pelas próprias instituições.

 

De acordo com o gestor de Planejamento e Inovação, David Alexandre, só foi possível destinar o espaço da Praça de Alimentação às entidades sociais devido o equilíbrio financeiro da Prefeitura. “Como tivemos a verba para montar a praça de alimentação pudemos ofertar o espaço para as entidades. Diferente dos anos anteriores, que devido ao déficit do caixa, tivemos que ceder o espaço para órgãos privados”, explica.  

 

 

 

População aprova o evento

 

Muitas pessoas aproveitaram a tarde ensolarada de sábado (20) para prestigiar a exposição e garantir a sua orquídea. O casal Fabíola Holland e Henrique Nahssen veio de Campo Limpo Paulista e ficaram encantados com o evento. “Nos mudamos para cá há um ano e é a primeira vez que a gente vem na festa”, contou Henrique. Sobre o apreso pelas flores, ele disse ser um admirador há tempos. “Amo orquídeas, acho que elas são únicas. Sempre participo de exposições. As flores daqui estão lindas”.

 

Iraci Souza, que vive no distrito de Jaraguá, já conhecia alguns produtores de orquídeas das feiras que acontecem na cidade de São Paulo, mas nunca tinha vindo até a Orquivárzea. “Tenho muitas orquídeas em casa, sempre vou a exposições em SP, e agora que conheço essa aqui, virei todos os anos”, enfatiza.

 

Na área das vendas o movimento também foi intenso, Tainá Duarte e Vinicius Ortes passaram por todos os expositores antes de decidir qual seria a orquídea escolhida. “Vamos olhar tudo primeiro, e depois a gente decide”, falou Tainá.

 

 

As amigas Vanilda dos Santos, de Jundiaí, e Dulce Morandi, de Itatiba, admiraram a beleza das orquídeas e deram sua opinião sobre a festa. “Não é a primeira vez que a gente vem, mas este ano a festa está ainda melhor. As flores estão incríveis, muito bonitas mesmo”.

 

Veteranas de Orquivárzea, Elizabeth Soares e Terezinha Ramos aprovaram a edição deste ano, “A festa está ótima, gostei do lugar, muito bem localizado”, falou Elizabeth. Com a família reunida, Gisele Gonçalves, trouxe as filhas Giovana e Jasmine e a sobrinha Kemilly Mantovani para conhecer a festa e curtir a exposição, “Vamos ver as flores e depois ir para a praça de alimentação. Queremos ver tudo”, disse Gisele.