nome da pagina

Praça de alimentação da Orquivárzea será formada por barracas de entidades varzinas

Seis instituições da cidade poderão vender comes e bebes por preços acessíveis e auxiliar pessoas atendidas, com as verbas conseguidas na festa

 

A praça de alimentação da Orquivárzea 2018 contará, de 19 a 21 de outubro, com barracas de seis entidades sociais de Várzea Paulista. Apae (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais), Sítio Agar, Rotary Club, Fuss (Fundo Social de Solidariedade), SOS Cristão e a ONG Eco &Vida venderão alimentos e bebidas. As refeições, que serão vendidas a preço de mercado, renderão verbas que auxiliarão as instituições.

 

Segundo um dos organizadores da festa, o gestor municipal executivo de Cultura, Jota Moreira, a Prefeitura optou por realizar um chamamento público, que exigiu toda uma documentação às entidades interessadas. O resultado é um conjunto de opções bastante variadas. “Haverá uma grande diversidade de alimentos, como massas, pastéis, lanches e doces, além de duas barracas de bebidas”, descreve.

 

Representantes das entidades participaram de uma reunião de orientações sobre cuidados sanitários, na sala de reuniões do Facilita, na tarde desta quarta-feira (10).

 

 

Momento único

 

Segundo a presidente do Rotary Club de Várzea Paulista, Rosemeire Pereira, a entidade, que administra a Guardinha da cidade, venderá espetinhos de carne e linguiça. Segundo a presidente da entidade, o intuito principal da participação é a arrecadação de fundos que serão revertidos em benefício à própria comunidade ou a entidades que já existem. Também se pretende divulgar o nome do Rotary, na sua principal definição que é “dar de si sem pensar em si”. “Todos nós do Rotary Club de Várzea Paulista estamos empenhados em ajudar a cidade”, declara.

 

A instituição nunca havia participado da Orquivárzea e fazê-lo é motivo de comemoração, no entender de Rosemeire. “É uma grande honra à gente participar pela primeira vez, pois queremos o nome do Rotary conhecido, atrelado à guardinha. A Guardinha é o principal projeto nosso, que forma jovens para o mercado de trabalho, com educação e cultura, algo que falta aos jovens”.

 

A Apae de Várzea Paulista participa pela segunda vez do evento, com a barraca de pastéis. “Como a festa é tradicional da cidade a nossa escola também é, quisemos fazer esse link. Além disso, temos necessidade de continuar a prestar nossos serviços com excelência, algo que fica mais difícil no final do ano, em razão da folha e pagamento, motivo pelo qual visamos a esses recursos, que serão importantes nesse sentido. Os valores beneficiarão muita gente”, explica o gerente regional de Captação de Recursos da Apae, que atua na unidade varzina, Gabriel Gonçalves Cardoso.

 

 

De acordo com o administrador, a escola varzina, que hoje funciona como conselho regional e presta consultoria para 18 unidades da região, participou de todas as Festas Julinas promovidas pelo Fundo Social varzino, desde 2016, na organização e trabalho ao longo do evento. “Ações desse tipo são uma de nossas principais fontes de receita. Temos essa tradição de atuar em eventos organizados por nós mesmos ou em parceria com a Prefeitura”, afirma.

 

 

 

Festa para toda a família

 

A Orquivárzea 2018 vem recheada de atrações e, claro, muitas orquídeas para todos os gostos. Clique aqui