nome da pagina

Gestores varzinos e jundiaienses discutem ligação entre Avenidas Ipiranga e dos Ferroviários

Juvenal Rossi recebe prefeito de Jundiaí, Luiz Fernando Machado, em mais um passo na busca pela via que desafogaria a Avenida Fernão Dias Paes Leme

 

O prefeito de Várzea Paulista, Juvenal Rossi, realizou uma discussão de uma ligação da Avenida dos Ferroviários (Jundiaí), à Avenida Ipiranga, via varzina, na manhã desta quarta-feira (8), em seu gabinete. O gestor recebeu o prefeito de Jundiaí, Luiz Fernando Machado; e os presidentes das Câmaras Municipais de Jundiaí, Gustavo Martinelli, e Várzea Paulista, Silso das Neves; além de outros representantes das duas cidades. Segundo Rossi, a ideia é estreitar as relações para viabilizar uma maneira de realizar a obra. “Avaliamos a possibilidade de ter o apoio da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos), por meio de um pequeno desvio em sua linha férrea, que tornaria possível essa empreitada, com a união de esforços entre os dois Municípios”, declarou Rossi.

 

Nos próximos dias, haverá uma reunião técnica, já com informações colhidas pelo gestor municipal de Mobilidade e Transporte de Jundiaí, Silvestre Eduardo Rocha Ribeiro. O administrador já trabalhou pela CPTM. “Após o estudo, vamos buscar o apoio da companhia, na forma dessa mudança ferroviária. Em seguida, buscaremos viabilizar financeiramente essa empreitada, sempre com o diálogo entre os presidentes de nossas casas de leis e os prefeitos”, informou Machado.

 

De acordo com o prefeito varzino, o que encarece um pouco a obra é a necessidade de desapropriações de imóveis jundiaiense. A mudança na linha de trem é uma alternativa para minimizar esse custo. As obras viárias em si ficariam a cargo das duas Prefeituras, a princípio.

 

No encontro, os administradores também debateram problemas e possíveis soluções para questões da região, como as de saúde.

 

Luta antiga

 

 

Segundo Rossi, os esforços feitos por essa possível ligação já vêm desde seu primeiro mandato, iniciado em 2013. “Já iniciei esse diálogo com a Prefeitura de Jundiaí nesse primeiro ciclo e, no ano passado, eu e Machado discutimos o assunto com representantes do Governo Estadual. Agora, realiza-se mais um estágio dessa luta. Acreditamos que, com a persistência, vamos conseguir essa conquista para a mobilidade da cidade, que desafogará bastante a Avenida Fernão Dias Paes Leme”, declarou.

 

A nova ligação completará as três grandes intervenções de mobilidade pretendidas pela administração, já em seu início. “Inauguramos o Viaduto Hermínia Fragas Cantareira, na Ponte Seca, recentemente, e, no nosso primeiro mandato, trabalhamos pela Estrada da Boiada, construída pela Prefeitura de Jundiaí. A ligação entre as duas avenidas completará esses grandes avanços almejados por nós”, completou o prefeito.

 

 

Veja mais sobre a inauguração do Viaduto.

 

Confira informações sobre a Estrada da Boiada.