nome da pagina

Várzea Paulista recebe a exposição ‘Onde o Tambor Roncou’

Mostra será realizada na Biblioteca Municipal e fala sobre o Congado e o Moçambique de Ouro Preto

 

A partir do dia 10 de agosto, a Biblioteca Municipal de Várzea Paulista recebe a exposição “Onde o Tambor Roncou”, que aborda o Congado e o Moçambique de Ouro Preto, em Minas Gerais. A ação também envolve a exibição de capítulos do documentário “Congadeiros” e uma oficina de Cantos e Danças do Congado.

 

O trabalho foi desenvolvido a partir da imersão e pesquisa realizada pela varzina Amanda Melissa dos Santos, que émestranda em Educação pela Universidade Federal de Ouro Preto, com as guardas de Congado e Moçambique do bairro Alto da Cruz, em Ouro Preto, bem como o seu Reinado de Nossa Senhora do Rosário e de Santa Efigênia, chamado A Fé que Canta e Dança.

 

Segundo Amanda, a exposição busca apresentar a manifestação afro-brasileira a partir da existência dos grupos de Congado e Moçambique. “Miramos para esse local onde há uma presença histórica e cultural latente que reflete, também, a história do povo brasileiro”, explica.

 

Trazer a exposição para a cidade de Várzea Paulista busca dar espaço para culturas tão ricas e que, por vezes, sofrem preconceitos e são marginalizadas. “Queremos oferecer a reflexão sobre a valorização das culturas populares brasileiras, em especial, a cultura negra, a qual tanto se associa com as manifestações existentes na cidade de Várzea Paulista, como as Folias de Reis”, ressalta a professora.

 

A Biblioteca Municipal de Várzea Paulista está localizada na Avenida Ipiranga, 151 Centro.

 

 

Programação

 

Dia 10/08 -sexta-feira: Abertura da exposição

Horário: 19h 22h

Local: Biblioteca Municipal de Várzea Paulista

Abertura da exposição, com a exibição de capítulos do documentário “Congadeiros”, realizado pela TV UFOP e conversa com a Capitã do Congado e integrante do Moçambique de Ouro Preto, Kátia Silvério.

 

Dia 11/08 – sábado: Oficina de Cantos e Danças do Congado

Horário: 9h30 11h30

Local: Auditório do CEU Várzea Paulista.

O encontro consiste em uma oficina de cantos e danças do Congado, ministrada pela Capitã Kátia Silvério. A faixa etária é livre e a oficina é aberta ao público. Vagas: trinta.