nome da pagina

Troca de asfalto na Avenida Bertioga tem mais uma etapa concluída

Colocação de binder foi feita em uma força-tarefa, no último sábado (14)

 

Apesar dos problemas com a antiga prestadora do serviço, que descumpriu prazos, e do fim do contrato, a Avenida Bertioga teve, nesse sábado (14), a execução do binder, camada que ficará sob a capa asfáltica, a ser feita em breve, na via direita, entre os cruzamentos com as Ruas Atroaris e Potiguara. Segundo o engenheiro responsável pela intervenção, Antônio Carlos Zonho, da Prefeitura de Várzea Paulista, que gerenciou o trabalho, a ação duraria cerca de dois dias, mas foi concluída após intenso trabalho, quase no final da noite do sábado. Após a cura da massa aplicada, gerenciada pela Prefeitura de Várzea Paulista, o trânsito foi novamente liberado na manhã desta segunda-feira (16).

 

A finalização desta parte da obra é resultado de uma contrapartida de um empreendimento no município. Funcionários da Prefeitura estão realizando a limpeza da área que receberá futuramente uma calçada, próxima à margem do Córrego Bertioga.

 

Intervenção esperada

 

 

Alexandre da Silva, funileiro da Avenida Bertioga há 25 anos, destaca que o trabalho foi bem feito. “Quando começamos o trabalho aqui, não havia asfalto e o que foi colocado era fino e facilitava a formação de buracos. É uma melhoria fora do comum, um serviço planejado. Graças a Deus, conseguiram concluir ao menos essa etapa. Com essa benfeitoria, o povo voltará a passar por aqui. Já está melhor que o asfalto antigo”.

 

A tendência, segundo o funileiro, é de que a procura pelos serviços oferecidos aumente. “Tenho um cliente perto do Campo da Vila Marajó que não vinha aqui por causa dos buracos na Avenida Bertioga. Era algo perigoso, que prejudicava bastante os sistemas de suspensão dos carros. Até mesmo para os pedestres era arriscado, pois havia risco de atropelamento”.

 

 

Josivaldo Paulino, o “Ceará”, trabalha em um bar, bem no início do trecho que recebeu o binder, espera ter um aumento nas vendas. Já que, antes das obras, a rua tinha muitos buracos e poeira. “Muita gente não estava vindo aqui, pois não havia como parar aqui. Agora, com a obra, o espaço fica melhor para todo mundo”, completa.