nome da pagina

Prefeitura se prepara para a criação do Clube da Terceira Idade

Clube funcionará na sede do Fundo Social de Solidariedade e oferecerá atividades e espaço de convivência aos idosos

 

Nessa terça-feira (10), representantes da prefeitura de Várzea Paulista, do Conselho Municipal do Idoso e do grupo Bem Viver se reuniram para discutir alternativas para a continuidade dos serviços de assistência aos idosos no município.

 

Durante o encontro, que aconteceu no CRAS Central, na Praça CEU, foi definido que será criado um Clube da Terceira Idade, com representantes de todas as entidades envolvidas.

 

 

Esse clube será criado para oferecer aos idosos de Várzea Paulista espaços e atividades de convivência contínuas, como os que hoje são oferecidos pelo convênio entre a prefeitura e o grupo Bem Viver.

 

 

O clube funcionará temporariamente na sede do Fundo Social de Solidariedade, enquanto, estiver em andamento o processo licitatório, denominado “chamamento público”, que escolherá a entidade parceira que irá gerir o clube.

 

Uma audiência pública deverá ser realizada para apresentação do plano de trabalho definitivo para a criação do clube.

 

Convênio com grupo Bem Viver foi cumprido rigorosamente

 

 

Atualmente, o grupo Bem Viver vem realizando esse trabalho, mas, a lei resultante do chamamento público em que o grupo foi escolhido tem como prazo final o próximo dia 26 de abril, necessitando-se da implantação de novo processo de chamamento público.

 

Os representantes da prefeitura esclareceram que o convênio com o grupo Bem Viver foi cumprido rigorosamente e que o fim do contrato não impede que o grupo possa continuar suas atividades nem o impede de participar novamente do processo licitatório, podendo inclusive, gerir as atividades do Clube da Terceira Idade, caso vença.

 

Clube utilizará estrutura da prefeitura

 

 

O Clube do Idoso poderá utilizar os equipamentos da prefeitura, como os CRAS, praças esportivas, Fundo Social de Solidariedade e demais instalações, além de participar dos diversos programas e projetos como as aulas de hidroginástica que em breve estarão disponíveis no CRAS Oeste. “O objetivo dessa reunião é definirmos o que poderá ser feito enquanto o chamamento público acontece e deixar claro que o encerramento do contrato com o Bem Viver é uma questão legal e não política, pois a administração municipal considera importantíssimo oferecer espaço de convivência aos nossos cidadãos da terceira idade”. Disse a gestora municipal de assistência social, Simone Bifani.

 

 

Conselho do Idoso participa das discussões

 

 

A reunião também contou com a presença de alguns membros e do presidente do Conselho Municipal do Idoso, Róbson Batista Chaves. “Depois de muita luta, estamos conseguindo entrar com a documentação para requerimento do CNPJ do Fundo Municipal do Idoso, assim que isso for concretizado, poderemos buscar recursos com empresas e até outras instâncias governamentais, e assim, ampliar muito o trabalho do conselho, fomentando ações de convivência com qualidade, complementando o que já é feito pela prefeitura e agora pelo Clube da Terceira Idade”. Declarou Chaves.