nome da pagina

Prefeitura presta contas ao legislativo municipal

Contas e ações do primeiro trimestre de 2018 são apresentadas, como a inauguração da Creche Arnaldo Netto e a finalização do pacote de obras da Vila Real

 

O prefeito de Várzea Paulista, Juvenal Rossi, e outros gestores municipais fizeram uma apresentação dos resultados do Governo Municipal a vereadores do Município, na manhã desta terça-feira (10), no auditório da Praça CEU. Os dados foram explanados de forma didática. O objetivo foi prestar contas sobre o andamento de obras como a inauguração da Creche Proinfância Arnaldo Netto (Jardim Itália) e o término dos trabalhos contratados para a reurbanização da Vila Real.

 

Reforço para a educação da cidade

 

 

No dia 26 de março, a cidade ganhou a Creche Proinfância Arnaldo Netto, no Jardim Itália. Foi o resultado de R$ 2.42 milhões de investimento, graças a um convênio com o Ministério da Educação. Foi necessário driblar uma série de problemas herdados da gestão encerrada em 2012, como os R$ 520 mil que precisaram ser repostos pela Prefeitura, uma vez que a outra administração usou o valor para outros fins. A obra licitada também não cabia no terreno. Toda a construção já está paga e concluída e, de maneira moderna, deve atender cerca de 290 crianças.

 

Vila Real renovada

 

 

As obras da Vila Real, que incluíram a construção de um trevo entre a Rua Ilha Bela e a Avenida Marginal do Rio Jundiaí, a pavimentação de 36 vias e a canalização parcial do córrego da Rua Ilha Bela, foram terminadas no primeiro trimestre. O total investido foi de R$ 8,69 milhões, fruto de um convênio com o Ministério das Cidades.

 

 

Novos Caminhos

 

 

No início do ano, a Prefeitura de Várzea Paulista concluiu o pacote de obras Novos Caminhos 2017 e melhorou a mobilidade urbana dos bairros Jardim Paulista e Jardins Américas I, II e III. Além dos 4.024,14 m² de calçadas e 358 metros lineares de guias e sarjetas, outros trabalhos foram realizados, como serviços de drenagem, paisagismo e rampas de acessibilidade. “São obras que garantem e ampliam o direito de ir e vir das pessoas” destaca o prefeito Juvenal Rossi.

 

 

Os R$ 440.337.43, fruto de um financiamento com o Governo Federal, foram investidos em 14 pontos, divididos entre os bairros contemplados, desde outubro do ano passado. Confira as ações realizadas, cumpridas antes mesmo do prazo final estimado inicial (5 meses) no link bit.do/edmiT.

 

 

Viaduto da Ponte Seca

 

 

Em abril de 2018, as obras atingiram 92,35% de seu andamento, com o investimento de R$ 4,01 milhões. Resta pagar apenas R$ 333.022,28, dentro do convênio com o Governo Estadual, que serão pagos com um financiamento, de acordo com o prosseguimento dos trabalhos. A construção consiste em uma passagem superior à linha férrea, para ligar o bairro Ponte Seca à Avenida Duque de Caxias, no trecho próximo ao Jardim Promeca. A via alternativa permitirá acessar bairros das Zonas Norte e Leste do município e desafogar o Viaduto dos Emancipadores, sobrecarregado em certos horários.  

 

Moderniza Paulista

 

 

O setor de Tecnologia da Informação retomou o processo de licitação integrado de gestão, algo com previsão de conclusão ainda no primeiro semestre deste ano. No mesmo prazo, pretende-se retomar a licitação de internet, após o estudo de viabilização. Também já foi feito um estudo de adequação do DataCenter e da melhoria da conexão por fibra ótica entre os prédios do Paço Municipal, Facilita e Unidade Gestora de Educação, algo que aumentará a velocidade em no mínimo 10 vezes.

 

Córrego Bertioga

 

 

Em abril, foram atingidos 45% das obras de macrodrenagem do ribeiro. Dentro do convênio com a União, já foram pagos R$ 5,8 milhões (dos quais R$ 1,07 milhões são dos cofres municipais), relativos a diversas ações, como a estabilização de encostas e a troca da tubulação sob a Rua Atroaris. Já estão na conta mais R$ 6,96 milhões, que serão investidos de acordo com o andamento dos trabalhos.

 

O prefeito Juvenal Rossi explicou que a troca de asfalto na via direita da Avenida Bertioga, entre os cruzamentos com as Ruas Atroaris e Potiguara, terá mais uma etapa importante nesta terça-feira (10) e deve ser concluída em breve.

 

Trabalho de longo prazo

 

 

Segundo o prefeito Juvenal Rossi, os números do primeiro trimestre, informados aos parlamentares, inclusive em relação às receitas e despesas, como as do Fussbe (Fundo de Seguridade Social de Benefícios dos Funcionários Públicos de Várzea Paulista), demonstram a seriedade no trato com o erário público na cidade. “Com nossa responsabilidade financeira, queremos entregar a cidade ao próximo prefeito, em 2020, com uma condição inédita de realizar investimentos e discutir temas importantes como cultura e lazer”, revelou. “Estamos realizando um planejamento que nos permite antever dificuldades financeiras e traçar estratégias para evitá-las desde já”.

 

O gestor municipal de Planejamento e Inovação, David Alexandre, afirmou que a arrecadação da cidade superou a expectativa estabelecida pela Lei Orçamentária Anual, no ano passado. É o resultado da melhora econômica do país, no início de 2018. “De acordo com as principais diretrizes econômicas, procuramos ser pessimistas em relação às nossas receitas e, assim, calculamos os gastos de maneira adequada e evitamos o desequilíbrio orçamentário”, explicou. “Estamos demonstrando que tratamos as receitas públicas com seriedade e transparência”. 

 

Avaliação positiva

 

O vereador Fernando Pasqualino considerou o encontro bastante satisfatório, por garantir aos parlamentares varzinos ter acesso a informações técnicas e comuns. Trata-se de dados sobre assuntos geradores de dúvidas por parte da população, que os procura diretamente, como porta-vozes do Governo Municipal, para informá-la de forma transparente, já que eles as representam, por meio da fiscalização do executivo. “Essa prestação foi um benefício para a cidadania varzina: o munícipe ganha por poder acompanhar o que ocorre, o prefeito consegue expor a situação da Prefeitura e os vereadores, dessa forma, podem exercer seu trabalho de forma plena e garantirem sua credibilidade”, defendeu.

 

O parlamentar Giba Moraes avaliou a prestação de contas como bem esclarecedora e transparente. “Como legislador, estou satisfeito pela apresentação. Gostaria que esse tipo de ação fosse feita mais vezes, a cada dois meses no máximo, para podermos contar com todo esse balanço e informarmos bem os munícipes que nos procuram”.