nome da pagina

Projeto voluntário Várzea Mais Bonita esteve em todos os bairros da cidade

O ano de 2017 foi marcado pela revitalização de vários pontos da cidade, graças ao trabalho voluntário

 

Foram mais de 40 lugares atendidos pelo Projeto Várzea Mais Bonita, que contou com a ajuda de voluntários para realizar as mais diversas tarefas nos parques, praças, ruas e avenidas da cidade.

 

Durante o programa de zeladoria através de 22 sábados foram feitas ativadas como limpeza e pintura, corte de mato e plantio de flores. Todas as regiões estiveram no planejamento dos mutirões.

 

Quem acompanhou a equipe em ação ficou muito satisfeita com a Maria Francisca (60) aposentada, ela nos contou como o dia de trabalho, “A equipe foi maravilhosa, todos muito educados, trabalhando com vontade e prazer. Ainda mais ver o prefeito, com tantas responsabilidades estar aqui colocando a mão na massa foi muito bom. Tirei até uma foto para publicar no meu facebook”. Dona Maria vive na Rua Angicos no Jardim América II, onde uma viela foi restaurada e falou sobre como era e como esta a passagem agora, “Melhorou 100%. Agora dá gosto de passar por aqui. Esta viela estava tomada pelo mato e pelo lixo. Antigamente eu e minha irmã costumávamos limpá-la sempre, mas com o aumento do entulho jogado por alguns moradores já não conseguíamos, dar conta sozinhas”.

 

 

Wânia Aparecida (27), que é vizinha de dona Maria lembrou do passado recente e comemorou o novo futuro, “Estava horrível aqui. Tinha tanto coisa jogada que nem dava para ver a passagem. Achei incrível e aprovei muito ver todos trabalhando pela nossa rua. Confesso que fui surpreendida pelos voluntários. Estão todos de parabéns”.


No jardim Satélite, a Praça Eduardo de Andrade Gomes - “Duda”, mas conhecida como a Praça da “biquinha” na Rua Mercúrio, também esteve no cronograma dos mutirões. E a Verenice Ladeira (30) disse que vai voltar a frequentar a praça, “Eu sempre passei por aqui, mas fazia um tempo que eu não vinha. Agora que está tudo limpo e organizado de novo, eu voltei a frequentar e faço questão de trazer meus filhos”.

 

 

Já no Jardim América I a moradora Noemi Mendonça falou sobre o engajamento das equipes, “Isso resgata o amor pela cidade e mostra que estamos cuidando dela. Quero e vou participar também” e elogiou a iniciativa, “Achei um trabalho muito legal, nunca tinha visto algo assim. É uma iniciativa muito louvável”.

 

Na Vila Tupi o aposentado Silvio Reis (56) foi surpreendido pela equipe, “Eu fiquei muito surpreso com o trabalho dos voluntários. Iniciativa aprovadíssima”. Ele acompanhou de perto o mutirão em seu bairro.

 

Para Juvenal Rossi o trabalho é de todos, “Se cada um fizer um pouco, a cidade pode mudar de patamar, pois o amor pelo lugar onde você mora gera zelo, carinho e a valorização de todo o povo” disse. Ele também é o idealizador do projeto. “Nós queremos mudar a forma como as pessoas enxergam a nossa cidade. Despertar esse amor e esse carinho por Várzea Paulista é mais importante do que qualquer resultado prático. Uma nova cidade vem com novas atitudes”. Completou Rossi.

 

É importante salientar que de nada adianta os mutirões e os voluntários se a população não se conscientizar que a cidade é um bem comum, e que é papel de todos mantê-la sempre adequada. Uma cidade limpa é uma cidade mais saudável. Várzea Paulista conta com um Ecoponto que recebe diversos tipos de dejetos e garante o descarte correto deles. O Ecoponto funciona na Rua Atroaris, s/n – Jardim Continente e funciona de segunda a sexta-feira, das 7 às 12 horas e das 13 às 16 horas; e aos sábados, domingos e feriados, das 8 às 13 horas. 

 

Para quem quiser denunciar descartes irregulares, depredação e vandalismo, basta entrar em contato com o Setor de Fiscalização pelo telefone 4596-9665, de segunda a sexta-feira, das 8 às 16 horas ou também pode ser acionada a Guarda Civil Municipal (GCM), pelo telefone 153.

 

Confira os pontos onde o Várzea Mais Bonita atuou

 

 

– Praça da Rua Jose Cardoso Grillo, 11 Jd. Diana

– Parquinho da Rua Domingos Estela, em frente portaria Eleikeroz

– Canteiro da Rua Gregório Beloti  com a Duque de Caxias, 348

– Praça Castro Alves, atrás do Russi

– Praça da Liberdade, Av. Duque de Caxias

– Canteiro lateral da Av. Fernão Dias com a Antônio Luiz Sutti

– Parquinho da Av. Ipiranga, Vila Santa Terezinha

– Quadra da Rua Itaoca, Parque Guarani, ao lado da UBS

– Praça da Rua Araras, 313 Jd. América IV

– Rua Bocaina, 352 Jd. América IV

– Praça da Rua Cananeia, 568 Jd. Paulista

– Canteiro do Ponto de ônibus da Prudente de Morais com Osvaldo Cruz, 61 Jd. Felicidade

– Parquinho da Rua Frei Henrique, 236 Jd. Felicidade

– Praça da Avenida Fernão Dias Paes Leme, Santa Terezinha em frente posto BR

– Praça da Rua Anísio Ribeiro Teixeira, em frente ao CAPS

– Praça em frente a escola Lavínia Ribeiro Aranha, Jd. Bertioga

– Ponto de ônibus da Rua Padre Jordan, Jd. Bertioga

– Praça da Rua Ananatuba com a Assai, 144 Vila Marajó

– Av. Paraibuna, Jd. América I

– Academia na Rua Deolinda Carezato, Cidade Nova II

– Canteiro Central, Rua Ricardo Aizza, Cidade Nova II, em frente a casa da ração

– Parquinho Rua Ricardo Aizza, Cidade Nova II em frente aos prédios

– Praça da Biblia, Jd. Primavera

– Canteiro da Av. Costa e Silva, 161 Jd. Do Lar

– Praça da Bica, Jd. Satelite

– Canteiro da Rua Itaici, 48 Jd. Itajaí

– Canteiro da Rua Pindaré, 653 Vila Popular

– Canteiro da Rua Minas Gerais, Vila Popular

– Em torno da creche Buriti

– Academia na Rua Quinze de Novembro, Jd. Buriti

– Praça da Rua Olívio Moro, 864 Jd. Buriti

– Praça da Arvore, Rua Maria Celia com o Maria Inês, 22 Santa Terezinha

– Parquinho da Avenida Potiguara, 300 Vila Tupi

– Canteiro do final da Rua Guajajara, Vila Tupi

– Parquinho da Rua Arajá, Vila Marajó atrás do campo

– Viela da Rua Angicos, 194 Jd. América III

– Canteiro da Rua Ribamar com a Bririgui, Jd. América IV

– Praça da Rua Adamantina, 110 Jd. América IV

– Lateral do campo Rua Dinamarca, Jd. Promeca

– Praça da Rua Romero Pereira, Jd. Promeca

– Canteiro da Rua Eugenio Carazato com Alberto Mazeli, 255 Jd. Promeca