nome da pagina

SIPAT termina com saldo positivo

Ao longo da última semana, nove encontros diversos foram realizados, com a participação de aproximadamente 300 servidores

 

A SIPAT (Semana Interna de Prevenção de Acidentes de Trabalho) de 2017, da Prefeitura de Várzea Paulista, entre 27 de novembro e 1º de dezembro, surtiu um efeito considerado muito satisfatório, por parte de seus organizadores. Após beneficiar cerca de 300 servidores municipais, com palestras, ginástica laboral e dança, conseguiu cumprir seu papel, sem envolver custos ao executivo municipal. “Nosso objetivo foi atingido: promover uma semana voltada à prevenção da saúde e segurança dos servidores, com ensinamentos que sem dúvidas ficarão na  história da Prefeitura”, declara a diretora de Saúde e Segurança do Trabalho, Luciana Martins.

 

 

Ampla agenda de atividades

 

Um dos destaques da semana foi a palestra “A Arte de Fazer Acontecer”, do gestor de Planejamento e Inovação, David Alexandre, no auditório da Praça CEU, já no primeiro dia (27).  "Se não usarmos a força do pensamento a nosso favor, seremos governados não pelas circunstâncias, mas pela forma como nossos sentimentos  estão preparados para reagir a elas”, declarou o administrador, que é técnico em segurança do trabalho e já atuou por dez anos como consultor de várias empresas sobre o assunto.

 

Na terça-feira (28), dois encontros foram liderados pelo coaching Neive Noguero, de manhã e à tarde, no mesmo auditório. “Com a teoria das janelas quebradas, ele fez com que todos nós refletíssemos sobre nossas vidas e a segurança do trabalho, nas quais a desordem gera desordem", explica Luciana. Para finalizar, houve uma experiência única, na dança conduzida por Sandra Yumi, em busca do equilíbrio físico, mental e espiritual.

 

Outras atividades de lazer e informação foram oferecidas aos funcionários, como as três sessões de ginástica laboral, nos dias 27 (quadra da Praça CEU), 29 (Facilita) e 1º (Unidade Gestora de Educação).  

 

 

A quarta-feira (29) teve duas exposições importantes: em uma roda de conversa, conduzida pela Dra. Patricia Carvalho, foi feita uma discussão sobre a saúde da mulher, que resultou em muita prevenção, no auditório da Praça CEU; na sequência, o coordenador da Defesa Civil varzina, Cristiano Vargas, deu uma aula sobre prevenção de acidentes domésticos, na quadra do espaço.

 

À tarde, houve um bom aprendizado acerca de ISTs (infecções sexualmente transmissíveis) e, especificamente, a Aids, com a enfermeira Karen Veronica, também no auditório. O dia também contemplou um momento voltado aos cuidados de beleza, no local.

 

Na manhã de quinta-feira (30), o renomado médico psiquiatra convidado, Dr Edson Polezi, abordou alcoolismo e tabagismo, de forma interativa, no mesmo espaço. A atividade agradou bastante aos presentes.

 

A tarde foi reservada a uma verdadeira “delícia sem açúcar”, com a vivência da nutricionista Alinne Lopes. A palestra sobre nutrição saudável, também no auditório, gerou um grande aprendizado.

 

No último dia da programação, pela manhã, o local sediou um encontro com as fisioterapeutas do NIR (Núcleo Integrado de Reabilitação), Dra. Patricia Tapiatruzi e Dra. Carla Dellabarba, sobre a incontinência urinária. Em seguida, no mesmo espaço, a maquiadora Glaucia Mendes tornou as mulheres ainda mais lindas. 

 

 

Avaliação positiva

 

Os servidores contemplados parabenizaram a organização da SIPAT – CIPAs (Comissões Internas de Prevenção de Acidentes) e USST (Unidade de Saúde e Segurança do Trabalhador) – pela iniciativa. “Eles até mesmo sugeriram sua realização com maior frequência”, declara Luciana.

 

Algo que foi bastante efetivo, na visão da diretora, foi a realização da ginástica laboral. “A ideia de levar a atividade a alguns setores da Prefeitura mobilizou e conscientizou os servidores e gestores quanto à importância da implantação de um projeto parecido no dia a dia dos servidores, para a melhoria da qualidade de vida no trabalho”, explica.

 

A administradora adianta que serão iniciados estudos para a viabilização de atividades permanentes de ginástica laboral nos vários equipamentos públicos da Prefeitura, a partir de março de 2018. “A ideia é realizar isso em todos os espaços, por meio de servidores multiplicadores”.

 

 

 

 

Reflexos

 

Segundo a diretora, a SIPAT já deve surtir efeitos em médio prazo. A ideia é trabalhar novos projetos nesse sentido para 2018. “Também foi possível aumentar a visibilidade das CIPAs - gestão 2017/2018 -diante dos servidores e enfatizar a importância do trabalho conjunto entre CIPA (Comissão Interna de Prevenção de Acidentes) e USST (Unidade de Saúde Segurança do Trabalhador)”, finaliza.