nome da pagina

GCM realiza festa em comemoração ao Dia Nacional da Guarda Municipal

13 membros da corporação varzina são homenageados com certificados de honra ao mérito e condecorações como policiais comunitários; 230 crianças curtem atrações, na Semana da Criança

 

A Prefeitura de Várzea Paulista realizou uma grande festa, na manhã desta segunda-feira (10) - o Dia Nacional da Guarda Municipal. Em sua Base, 13 membros da corporação da GCM (Guarda Civil Municipal) da cidade foram homenageados por serviços recentes prestados, corporação recebeu incentivo das autoridades presentes, e mais de 200 crianças, entre as quais filhos dos guardas, aproveitaram as brincadeiras e uma apresentação do Canil da Guarda Municipal de Jundiaí. Além da celebração da data, o objetivo foi oferecer bons exemplos aos pequenos, na semana do Dia das Crianças – 12 de outubro.

 

 

Reconhecimento

 

No ponto alto da solenidade, 13 membros da GCM receberam um diploma de honra ao mérito e brevês de membros da Polícia Comunitária (medalhas), das mãos do comandante da corporação, Pedro Eli da Cunha, emocionado, e de outros gestores municipais. A condecoração, relativa ao ano de 2017, premia os homenageados por vários serviços prestados nos últimos meses, como a reforma da nova Base, no Jardim Continente, e até mesmo o salvamento de um bebê engasgado com leite materno. “A ideia é fazer com que todos busquem dar algo a mais em seu trabalho”, explicou o comandante. “Policiamento comunitário é prestar esse atendimento imediato à população, com prontidão para dar o melhor de si”, complementou.

 

Os guardas homenageados foram: José Cunha Silva (reforma recente da Base); Nabas e Enevaldo (ronda escolar, inclusive com elogios de diretoras); Genoel do Nascimento (manutenção de boas condições das viaturas); subinspetor Valdir Lino de Souza (disponibilidade para compartilhar conhecimentos, cooperação e reforma da Base); Adilson de Souza (reparos em armas); Marcos e Marcel (Ronda Ostensiva Municipal); Joelton, Batista e Donizete (desengasgo de criança recém-nascida, em maio, na Vila Real); Leodora (guarda que recebe as ocorrências, com presteza e paciência) e Celso Santana (atuação pela Guarda Ambiental, competente e dinâmica, até mesmo fora do horário de trabalho). Os homenageados estão presentes na imagem abaixo, nessa mesma ordem, da esquerda para a direita e de cima para baixo.

 

 

O prefeito de Várzea Paulista, Juvenal Rossi, fez questão de enaltecer a atuação dos guardas. “Essa reforma recente da Base se deu muito pelo esforço de vocês, que trabalharam demais aqui. É o tipo de postura importante para estimular a mudança de comportamento que pretendemos empreender na cidade”, reconheceu. “Eu tenho muito orgulho de vocês. Falo como cidadão. Hoje em dia, a grande força de segurança de nosso município é a GCM, inclusive com atuação ostensiva, e isso é uma tendência nacional”, complementou o prefeito.

 

“Nossa corporação tem 26 anos de existência e temos visto muitas conquistas recentes. Como guarda de carreira, estou muito orgulhoso em fazer parte desses avanços”, parabenizou Cunha.

 

 

 

Trabalho mostrado às crianças

 

230 crianças estiveram presentes, entre alunos da escola municipal Prof.ª Maria Aparecida Aprillanti, da Vila Iguaçu (150 do Ensino Infantil, de 4 a 5 anos de idade), e filhos dos guardas varzinos. A meninada participou diretamente da operação de um drone, com óculos de visão de voo; assistiu a uma demonstração do trabalho feito pelo da Guarda Municipal de Jundiaí; e se deleitou com guloseimas como algodão-doce, além de brinquedos infláveis.

 

 

 

Para Rossi, é importante que os guardas sempre se mantenham próximos às crianças, para fornecer os exemplos necessários ao seu bom crescimento. “Sei o quanto as crianças têm orgulho dos guardas, algo que se percebe quando estão próximas a eles e observam seus uniformes”, declarou. “É importante o papel da GCM, que tem tudo para tornar real a mudança de comportamento desejada por nós”.

 

 

 

Agradecimentos

 

O gestor municipal de Planejamento e Inovação, David Alexandre, vivenciou vários momentos em que a GCM de Várzea Paulista foi importante. O administrador fez questão de aproveitar a oportunidade para enaltecer os serviços prestados pelo órgão. “Quase 20 anos atrás, sofri um mal súbito no centro da cidade e o GCM Ânderson, hoje aqui, foi quem me socorreu; no ano passado, sofri um grave acidente de carro também por ter passado mal e, quando recobrei a consciência, mais uma vez me vi na presença de guardas, entre os quais me lembro do Batista, na pessoa de quem agradeço a todos os outros envolvidos no atendimento”, relatou.

 

O convívio com a corporação já tem um bom tempo. “Quando adolescente, estava envolvido em projetos da Casa do Adolescente e podia conversar com vários guardas, como Rocha, Nabas, Batista, Paulinho, entre outros. Tenho certeza de que aquela convivência foi fundamental para todas as boas ações que consegui realizar até hoje em minha vida. É muito importante que esses agentes possam ter vivência com outros jovens, que certamente, dessa forma, terão um futuro bem melhor”.

 

 

Outras autoridades varzinas prestigiaram o evento, entre os quais os gestores municipais de Obras, Josué Santana; e Trânsito, Oseas Martins; o chefe da Casa Civil, Ernaldo Artur; e o vereador Giba Moraes. Da GM jundiaiense, destaca-se a presença do responsável pelo adestramento de cães, Cristiano.

 

 

Novos avanços

 

O prefeito fez questão de dizer que, assim como as conquistas recentes de novas viaturas, a administração municipal trabalha para valorizar cada vez mais a GCM, inclusive com a possível conquista futura da aposentadoria especial. “Recentemente, estive na Assembleia Legislativa de São Paulo, e estamos pleiteando que a Guarda se torne uma Polícia Municipal, já que efetivamente ela já tem desempenhado esse papel, com nossa remodelagem recente”.

 

 

O comandante Pedro Eli, que também esteve na casa de leis estadual, adiantou que, em breve, a Guarda Civil Municipal, já regulamentada por uma Lei Federal (13.022/2014), que lhe dá poder de polícia, vai se tornar de fato, mediante uma nova Lei Estadual,  uma Polícia Municipal.

 

Rossi ponderou que o Governo Estadual também precisará ajudar a dar as condições necessárias para a corporação exercer bem tamanha responsabilidade.