nome da pagina

Tribunal de Contas do Estado avalia Várzea Paulista como uma cidade eficiente

Nota B+ indica que, segundo o Tribunal de Contas do Estado de São Paulo, a cidade é muito eficiente na prestação de serviços à população

 

O município de Várzea Paulista foi classificado pelo IEG-M do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo, como cidade muito eficiente. Utilizando dados das áreas de educação, saúde, planejamento, gestão fiscal, meio ambiente, proteção ao cidadão (dados ligados à Defesa Civil) e governança de tecnologia da informação, o Índice de Efetividade da Gestão Municipal chegou à classificação de todos os municípios paulistas, atribuindo notas a cada um deles que vão desde “A”, que corresponde a uma cidade altamente efetiva, até a nota “C”, que significa que a cidade tem baixo nível de adequação e efetividade nos serviços prestados à população.

 

Como nenhum município recebeu a nota “A”, os melhores desempenhos receberam a nota “B+” e Várzea Paulista está entre eles, ficando assim entre os 73 mais bem colocados do Estado. “O índice do TCESP, vem coroar o trabalho sério, eficiente e transparente, realizado por minha equipe de gestores, comprometidos em realizar uma gestão pública, praticada sistematicamente de forma correta, justa e honesta. O índice nos motiva a seguir em frente, com a mesma dedicação e transparência.” Disse o prefeito Juvenal Rossi.

 

 

 

A única cidade do Aglomerado Urbano na lista das melhores do Estado

 

 

Várzea Paulista é a única cidade do AUJ que recebeu nota “B+”, ficando, assim, á frente de todas as demais, inclusive de Jundiaí, que obteve nota “B” no IEG-M. Outras cidades próximas, como Vinhedo, Louveira e Atibaia também alcançaram classificação de cidades muito efetivas.

 

O presidente do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo, Sidney Beraldo afirmou que o IEG-M é um instrumento de contribuição para que as gestões sejam mais efetivas. “E, principalmente com planejamento, sempre se pode melhorar”, completou.

 

 

 

Cidade também se destacou no planejamento

 

Considerado um dos principais pontos de atenção e de pior desempenho entre todas as gestões, o quesito “Planejamento” em Várzea Paulista também obteve destaque, recebendo nota “B”.  Na área que mede a consistência entre o planejado e o efetivamente executado pelos governos, a cidade demonstrou contundente evolução, especialmente nos últimos dois anos. “O planejamento adequado previne perdas financeiras e aumenta a eficiência dos serviços prestados pela administração pública. Obter nota “B” nesse quesito, sabendo que é uma das melhores notas do Estado, nos deixa muito feliz e desperta grande orgulho, mas, vamos continuar trabalhando dia a dia para chegarmos à nota “A””. Declarou David Alexandre, Gestor Municipal de Planejamento e Inovação.

 

 

 

Várzea Paulista evoluindo em todos os rankings

 

A cidade de Várzea Paulista vem evoluindo ganhando destaque continuamente em todos os índices de avaliação que são realizados no Estado. Entre outros, o IDEB (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica), colocou a cidade no topo entre as cidades do Aglomerado Urbano de Jundiaí. “A meta do município era alcançar 6,4 pontos, mas, chegou a 6,5, superando quase todas as cidades da região”, disse o vice-prefeito e Gestor Municipal de Educação, Rodolfo Braga. 

 

 

 

No ranking das 50 cidades com melhor mobilidade do país, Várzea Paulista figura na 33ª posição, novamente á frente de Jundiaí (34º) e de todos os demais municípios que formam o Aglomerado Urbano.

 

Além desses, a cidade também recebeu muitos elogios recentemente, ao obter junto ao Tesouro Nacional a classificação (rating) AA de excelente pagadora, reiterando a seriedade da administração na utilização do dinheiro público, dando assim, o aval de que o município possui uma gestão responsável e transparente.