nome da pagina

Alunos da “Carlos de Almeida” lacram cápsula do tempo

Cápsula só poderá ser aberta em 2027 e guarda as expectativas das crianças com relação ao país e ao mundo.

 

Alunos, pais e professores da Cemeb Prof. Carlos de Almeida, jardim Promeca aproveitaram a semana da pátria para realizarem uma curiosa, mas muito importante atividade.

 

A lacração de uma cápsula do tempo contendo material produzido pelos próprios alunos foi realizada numa cerimônia cívica que contou com a presença de dezenas de pessoas. A cápsula do tempo, feita de vidro, foi enterrada no jardim interno da escola e deverá ser aberta somente daqui a dez anos.

 

O projeto foi idealizado de forma coletiva durante as discussões sobre as atividades dos alunos para o segundo semestre e num primeiro momento deveria conter produções individuais, mas como são muitos alunos decidiu-se por elaborar uma por turma. “Cada turma fez um produção coletiva sintetizando a visão atual e as expectativas das crianças para o nosso país e para o mundo pelos próximos dez anos.” Disse o diretor Wesley Araújo. “O que ficou muito claro nas produções foi à esperança por um mundo menos violento, mais justo e igualitário e a efetiva influência da tecnologia na vida dos nossos alunos.” Completou Araújo.

 

 

Além da cápsula do tempo, os alunos da Cemeb Prof. Carlos de Almeida, também puderam deixar frases curtas num mural em forma do mapa do Brasil. Com mensagens como “mais empregos, mais justiça, menos corrupção e menos violência”, os alunos deixaram claro suas principais preocupações e esperanças e assim, complementaram seus pedidos que foram enterrados, e que só poderão ser lidos em 2027 para que seja medida sua realização.