nome da pagina

Prefeitura apresenta novo transporte público entre bairros à imprensa

Jornalistas conhecem sistema que permitirá viagens mais curtas, fiscalização direta feita pelo executivo e atendimento a 10 novos bairros

 

Em um evento histórico, gestores e técnicos da Prefeitura de Várzea Paulista apresentaram a jornalistas da região o novo sistema de transporte público entre os bairros da cidade, na manhã desta sexta-feira (11). Com a explanação técnica, no auditório da Praça CEU, e uma viagem já no novo ônibus, os servidores públicos demonstraram as principais vantagens e inovações do serviço que passa a ser prestado pela empresa Viação Sumaré neste sábado (12). Entre as inovações, estão o atendimento a 10 novos bairros, viagens mais curtas e a fiscalização direta por parte do executivo municipal.

 

 

Locais que passam a contar com o serviço

 

Segundo o gestor municipal de Transporte Público e Trânsito, Oseas Martins, dez novos bairros serão contemplados pelas nove linhas (o triplo das linhas existentes hoje): Sítio do Rocha (área industrial), Jardim Mirante, Jardim Itália, Jardim Continente, Jardim Bahia II, Sítio São José, Jardim Novo Mundo, Jardim das Palmeiras, Vila Marajó e Vila Tupi. “O Jardim Bahia necessitava bastante desse transporte e havia um pedido antigo dos moradores do Sítio do Rocha, pelo serviço”.

 

 

Linhas mais rápidas

 

O modelo perimetral (veículos iam do bairro ao ponto de destino, em linha reta) se tornará circular na maior parte das linhas. Os veículos não terão mais um ponto final específico e circularão de modo contínuo. Com embarques e desembarques feitos nos mesmos locais, mais próximos às residências, o atendimento será triplicado, de acordo com o gestor. “Estabelecemos pontos próximos às escolas e outros equipamentos públicos. Com um número inteligente de locais estratégicos e sem os pontos finais, os percursos ficarão mais rápidos e as pessoas passarão um tempo menor nos ônibus”, explicou Martins.

 

 

Um exemplo dado pelo diretor de Transportes, Jair Inácio, foi o da linha Cidade Nova II. “Anteriormente, para ir desse bairro ao Centro, o ônibus precisar percorrer os Jardins Américas II e III, além do Jardim São Paulo. A partir deste sábado, com a nova linha, o percurso será diretamente do bairro à região central”, relatou.

 

Os itinerários e horários estão disponíveis neste link.

 

 

Fiscalização

 

O novo serviço licitado no ano passado permitirá que a Prefeitura fiscalize diretamente o trabalho. “Poderemos fiscalizar as linhas, rotas, posturas profissionais, entre outras coisas. Também conseguiremos fazer autuações, se necessário”, descreveu Martins.

 

 

Integrações

 

Após vários estudos feitos pelos técnicos da Unidade de Trânsito há vários anos e, com as análises recentes estabelecidas pela atual administração municipal, apurou-se que os terminais são equipamentos públicos ultrapassados. Os locais geram congestionamentos em seu entorno, exigem investimentos na estrutura física, desvalorizam os imóveis próximos, e provocam outros problemas.

 

A solução encontrada foi o Cartão Inteligente, que permite, com o pagamento de uma única passagem, duas viagens de linhas entre bairros diferentes, em um intervalo máximo de três horas, contado a partir do pagamento da passagem do primeiro embarque. “Dessa forma, poderemos contemplar as pessoas que quiserem se deslocar de um bairro a outro, por exemplo, referentes a 20% das pessoas que usam o transporte público dentro do município”, explicou o gestor municipal de Planejamento e Inovação, David Alexandre, um dos profissionais envolvidos nos estudos.

 

Haverá dois pontos de integração, em que os passageiros poderão pegar ônibus de várias linhas. No ponto próximo ao Fórum, na Rua Maria Aparecida (Vila Santa Terezinha), esquina com a Avenida Fernão Dias Paes Leme, estarão disponíveis as linhas: 1 - Jardim América IV; 2 - Jardim Novo Mundo; 5 - Jardim Promeca; 6 – Jardim América III. No ponto de integração ao lado do Facilita, na Rua João Povoa – s/n, ficarão as linhas: 3 – Jardim Bahia II; 4 – Vila Popular; 7 –Jardim Itália; 8 – Sítio do Rocha; 9 – Jardim Buriti.

 

Em breve, a confecção do cartão será possível dentro de Várzea Paulista, em local a ser divulgado.

 

       

Quanto mais utilizado, melhor

 

Os técnicos e gestores presentes também ressaltaram que o aumento da utilização do novo serviço permitirá tarifas acessíveis e outras melhorias, inclusive o aumento da frota. “O cálculo para o valor da tarifa é feito com a divisão do custo médio/km do serviço pelo índice de passageiros/km. Os gastos são fixos e o a variável é justamente o número de pessoas que usam o transporte. Com o aumento deles, será possível ter um custo final mais acessível aos usuários”, explicou Martins.

 

A tarifa neste momento é de R$ 3,49. “Este valor não é reajustado há quase cinco anos, por determinação do prefeito Juvenal Rossi, que pediu o congelamento da tarifa enquanto não fosse concluída a licitação e a contratação do novo serviço”, declarou David Alexandre. 

 

O vice-prefeito de Várzea Paulista, Rodolfo Braga, também presente, deixou clara a importância dos meios de comunicação, para a divulgação das informações e o sucesso do serviço. “Os munícipes, bem informados, possibilitarão que esse transporte seja cada vez melhor e fortaleça, inclusive, a economia do município, já que todas as linhas terão o comércio central dentro de suas rotas”.

 

Segundo Alexandre, a ideia é que os usuários dos ônibus interurbanos para o transporte dentro de Várzea Paulista (75% de todos os que utilizam o transporte público entre áreas do próprio município) passem a usar o transporte entre bairros.

 

A expectativa é de que cerca de 70 mil passageiros usem o serviço, por mês. 

 

 

 

Carros novos e modernos

 

Os oito veículos têm idade média de cinco anos (tempo de utilização) e são totalmente adaptados para pessoas com deficiência. “Também fizemos questão de deixar os ônibus com um design próprio, com a identidade da cidade. Assim, os munícipes poderão diferenciá-lo do carro interurbano, que hoje ainda é mais usado e é mais caro (tarifa de R$ 3,95).

 

 

 

Momento histórico

 

David Alexandre também fez questão de enaltecer o esforço da atual administração para a concretização do novo serviço. “O prefeito Juvenal Rossi teve a coragem de autorizar o trabalho para essa licitação. Somos um dos poucos municípios da América Latina a realizar esse trabalho”, afirmou. “Também agradeço aos vereadores que aprovaram o projeto de lei necessário para a implantação do novo sistema, no ano passado”, completou.

 

Parcerias entre a iniciativa privada e o poder público podem ser muito produtivas e gerar satisfação da população, segundo o gestor de Planejamento. “Esse tipo de trabalho conjunto tem tudo para dar certo, quando feito com seriedade e sem privilegiar interesses políticos ou de governantes específicos. O apoio recíproco estabelecido por esta administração municipal com a empresa Viação Sumaré é uma demonstração disso. Agradeço ao representante da organização, Antônio Gaspar Luiz, e aos demais acionistas, pela confiança demonstrada”, finalizou.

 

 

 

Inovações

 

Para conferir outras novidades relevantes trazidas pelo novo transporte entre bairros, acesse a matéria