nome da pagina

Grande parceria viabiliza várias benfeitorias no Jardim Promeca

Prefeitura, Plasinco e Igreja Adventista do Sétimo Dia se unem para garantir ações como roçagem, pintura, reparos no Córrego Itália e limpeza, no projeto Todos Unidos Por um Bairro Melhor

 

 

O Jardim Promeca está recebendo, nesta semana, uma série de ações estruturais importantes, como parte do projeto Todos Unidos Por um Bairro Melhor, que será finalizado com um grande mutirão no dia 28 de maio (domingo). Trata-se de uma parceria inovadora entre a Prefeitura de Várzea Paulista, a empresa Plasinco e a Igreja Adventista do Sétimo Dia, localizada no bairro. As intervenções - limpeza, roçagem e outros reparos nas áreas públicas no entorno do Córrego Itália (Avenida Itália) – têm como objetivos conferir um melhor aspecto ao bairro, com mais asseio e segurança, e valorizar o espaço.

 

Várias equipes da Unidade Gestora de Infraestrutura Urbana atuam em pontos distintos: no campo, está sendo feita a roçagem e preparação das muretas para a pintura; no ginásio, no Cemeb (Centro Municipal de Educação Básica) Paulo Freire e na Unidade Básica de Saúde, limpeza e roçagem são executadas; no Córrego Itália, já houve limpeza e desassoreamento e também está sendo realizada uma correção na borda (calçada menor).

 

Funcionários da Unidade Gestora de Meio Ambiente também estão fazendo a poda de árvores, em parceria com uma equipe da Plasinco. Segundo o supervisor de logística da empresa, Aílton Amaral, a empresa também está fornecendo equipamentos de pintura e jardinagem e mão de obra. “A tinta, necessária para a pintura, também está sendo viabilizada por meio de parcerias conseguidas por nós”, complementa.

 

A Continental Teves também apoia a realização do projeto com o fornecimento de tintas.

 

 

Grande mutirão

 

No próximo dia 28 (domingo) o “dia D”, haverá a pintura das muretas do Córrego Itália e outros pontos, e varrição – feitas por voluntários da Prefeitura, da comunidade (boa parte do Condomínio Chacur) e da Igreja Adventista -, além do reforço da sinalização de solo, por parte dos agentes de trânsito.

 

O Clube de Desbravadores, grupo semelhante aos escoteiros presente em todas as cidades brasileiras, participará do mutirão com pequenas ações de limpeza e distribuição de água para os voluntários.

 

A escola municipal Paulo Freire cederá o espaço para as refeições, que serão fornecidas pela Igreja.

 

O mutirão será feito das 8 às 16 horas. O ponto de encontro inicial será a Praça José Romeiro Pereira, entre a Rua França e a Avenida Itália. Os munícipes em geral também estão convidados a participar.

 

 

 

Parceria histórica

 

A iniciativa tem sido articulada pela Prefeitura e a Igreja Adventista do Sétimo Dia há aproximadamente dois meses. Amaral, além de funcionário da Plasinco, é fiel da religião há 14 anos e morador do Jardim Promeca, explica que o engajamento social faz parte da doutrina ensinada pela instituição. “Inauguramos nossa sede no Jardim Promeca há quatro meses e pensamos: como poderemos ajudar a sociedade? De nada adiantaria termos apenas mais um templo, sem contribuir com o bairro de alguma maneira”, opina o supervisor. “Jesus nos ensina que nossa espiritualidade deve refletir na ação social, como atos de amor ao próximo”, complementa.

 

O gestor está animado e pretende firmar novas parcerias como essa, assim que possível. “O projeto certamente é benéfico para o bairro e a cidade. É um pontapé inicial”, finaliza.

 

O prefeito Juvenal Rossi está bastante satisfeito com o projeto e deseja fomentar, cada vez, mais empreitadas como essa. “Assim como os mutirões de que tenho participado desde o início de minha gestão, em 2013, este enorme trabalho que estamos desempenhando aqui no bairro permite atender de maneira mais rápida uma demanda local. A união de esforços se faz importante pois esse tipo de serviço é necessário em vários pontos da cidade ao mesmo tempo e, com o apoio da sociedade, fica muito mais fácil resolver a situação de forma localizada”, explica. “O cidadão precisa entender, por meio do exemplo dos voluntários, que também pode ajudar a cuidar dos espaços públicos como se fossem dele próprio e, assim, contribuir para sua conservação da forma como deixamos, após as intervenções”, orienta.

 

 

População elogia projeto

 

Inês Ceiciareli (à direita, na foto), que reside na Avenida Itália há dois anos, limpava a via pública com uma vassoura, ao ser entrevistada. A munícipe ressalta a importância da ação, bastante esperada pela comunidade local. “É uma ação muito bonita e importante para que fique tudo limpo. Valorizo muito a limpeza e o espaço sem mato permite admirarmos inclusive a natureza existente aqui”.

 

Moradora de Várzea Paulista há 27 anos, Inês comprou a residência no Jardim Promeca e pretende ficar no local por muito tempo. A engajada moradora gosta de se envolver para manter tudo em ordem onde mora. “Sempre ajudo a limpar e não gosto de lixo jogado aqui fora. Deixo tudo limpinho e ajudo a fiscalizar os vizinhos, para manterem o espaço dessa forma”, finaliza.

 

Outra frequentadora do bairro é Maria Aparecida Bueno de Castro (à esquerda), que constantemente visita a sobrinha, na Avenida Itália. A campolimpense também enaltece a iniciativa do novo projeto. “A ação é boa e necessária. A Prefeitura está trabalhando e, assim, a limpeza valoriza o bairro e melhora muito a paisagem. Além disso, evita a proliferação de animais indesejados e aumenta a segurança”, elogia.

 

 

 

Como denunciar sujeira ilegal

 

Para denunciar descartes irregulares de entulhos e outros materiais, basta contatar o Setor de Fiscalização pelo telefone 4596-9665, de segunda a sexta-feira, das 8 às 16 horas; também pode ser acionada a GCM (Guarda Civil Municipal), pelo telefone 153; outro canal é a Ouvidoria, junto ao qual a denúncia pode ser registrada pelo telefone 4595-0037 ou presencialmente (no Facilita), de segunda a sexta-feira, das 9 às 17 horas; ou pelo link, 24 horas por dia, durante toda a semana. Após abrir o protocolo, também há a opção de enviar possíveis fotos necessárias ao e-mail O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo..

 

O Facilita está localizado na Rua João Póvoa, 97 - Jardim do Lar, Várzea Paulista

 

 

 

Local para descarte de resíduos 

 

A cidade conta, desde maio de 2015, com um Ecoponto, local para destino ambientalmente correto de materiais como vidro, metais, areia e móveis desmontados. Tais resíduos muitas vezes, por não terem um local para descarte, eram depositados em ruas, calçadas e terrenos baldios pela cidade.

 

É permitido o descarte de materiais como pisos, blocos, cerâmica, areia, vidro, metais, pneus, louças, reboco, móveis (desmontados), plástico, madeira, pallets, pontaletes, concreto, eletrônicos, telhas de cerâmica e eletrodomésticos, objetos que muitas vezes, são descartados irregularmente em via pública. O volume máximo autorizado é de 1 metro cúbico.

 

O Ecoponto não recebe materiais como pilhas, colas, óleos, gesso, tintas, resinas, baterias, amianto, lâmpadas, lixo industrial, lixo hospitalar, lixo doméstico, materiais orgânicos e produtos químicos. 

 

O serviço funciona na Rua Atroaris, s/n - Jardim Continente, junto à usina de asfalto da Prefeitura. O atendimento é feito de segunda a sexta-feira, das 7 às 12 horas e das 13 às 16 horas - com exceção dos feriados - e, aos sábados, das 8 às 13 horas.